A mídia marrom está triste com Bolsonaro



Grandes e antigos veículos de imprensa ainda estão vivendo o luto da eleição de Jair Bolsonaro para a presidência da República.

Os embates acalorados entre jornalistas da Globo News e Bolsonaro marcaram a campanha do atual presidente, mas o drama dos jornalistas estava apenas no seu início.

Durante sua passagem por Davos, na Suíça, o presidente trocou os holofotes da mídia brasileira por um merecido descanso. O ato chocou os repórteres que aguardavam a entrevista coletiva do capitão reformado e rendeu manchetes magoadas em jornais como A Folha de São Paulo.

Os profissionais acostumados com chefes de Estado pífios como FHC, Dilma ou Lula ainda não entenderam o fenômeno Bolsonaro e nem o grau de autenticidade do novo presidente.

A birra infantiloide dos figurões da antiga mídia ainda deve durar um bom tempo, mas as enlutadas matérias de difamação ao novo governo devem servir ao menos para a nossa diversão.

Sobre o Colunista

Fernanda Salles

Fernanda Salles

Jornalista/Repórter

19 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Realmente ainda não se recuperaram.
    Estão esperando o discurso politicamente correto, o qual a mídia ajudou a criar e propagar e não estão com um fingido e mentiroso no cargo de presidente.

  • Olá, boa noite,
    Primeiramente parabéns pelas excelentes matérias, sou leitor do site a bastante tempo, e também faço parte da administração do único grupo Terça Livre no Telegram.

    Mudando um pouco o assunto, gostaria de sugerir a vocês que dêem a opção de botões do Telegram nas suas matérias, assim como já fazem com redes sociais populares, bem como Facebook, Google+ e Twitter.

    Precisamos mostrar ao povo que existe alternativas melhores, como todos nós sabemos as redes sociais mais populares violam constantemente a nossa liberdade de expressão e privacidade. A proposta é darmos mais espaço a outras ferramentas como Telegram que além de respeitar a privacidade de seus usuários a liberdade de expressão lá sempre esteve salvaguardo. Quem conhece a história do Telegram sabem que o maior compromisso deles sempre foi propor segurança aos seus usuários.

    Enfim, minha proposta é que apenas façamos com que as pessoas conheçam uma excelente alternativa à concorrência que tentam a todo custo usar da engenharia digital para curvar interesses das massas.

    Obrigado pela atenção, um forte abraço.

  • Verdade! Existe uma mágoa e desespero pelo futuro dessa mídia maluca, e seus autores intelectuais esquerdistas. Acabou a farra e mentiras, Tudo agora depende de dizer a VERDADE, mesma que corte o pescoço, sangra, mas pode haver cura. O desconforto aumentará quando vier de Davos, o apoio e devolução do nosso ouro e pedras preciosas, roubadas, que eram para ser lastro de nosso dinheiro e que nos foi roubado. O valor estimado gira em torno de meio trilhão de dólares. Pouquinho não? Mas para chegar temos de resolver nossas injustiças efazero mais claro possível,com benefício de todos, eu disse TODOS.

  • muito bom, terça livre. parabéns pelo trabalho e por manter o foco conservador nas reportagens. uma sugestão: atualizem o site mais vezes ao dia!os leitores de sites como O Antagonista estão casa vez mais incomodados com o foco que eles estão tomando, e procuram alternativas.aproveitem a brecha!

  • Eles estão tristinhos ;`(

    URGENTE: Mídia podre comuna sente-se orfã – “A mamãe-mandioca estocadora de vento, tirava self com a gente” – diz tablódista da foice de SP

  • Que tristeza, heim, Dona MÍrian Leitão? De repórter da “toda-poderosa” rede Globo à mídia marrom. Parabéns!

  • Sei que não é local correto, mas como não sei por onde comentar no vídeo sobre a China aproveitarei este espaço para tanto. Parabéns, Fernanda Salles, por aquela reportagem! Extremamente oportuna!
    É muito interessante perceber, também, a sua evolução quanto à postura, (não saberei especificar os pontos, isto é, se é postura corporal, modulação de voz, etc) pois acompanho o TL faz um tempão e vejo a busca pelo melhora como uma constante no canal, nomeadamente em si!
    Parabéns! Deus abençoe longamente!

  • Irão atacar o Governo incansavelmente, dia sim e outro também. Flávio Bolsonaro, Queiroz, etc, são apenas o início. Os objetivos são claros: tentar derrubar o apoio popular gigante do presidente, e também tentar recuperar alguma audiência com escândalos forjados. O que devemos fazer: IGNORÁ-LOS COMPLETAMENTE. Sem audiência para factoides, vão ter que mudar de assunto.

  • Excelente matéria! É isso mesmo! E quanto mais decadente e mais perto do fundo do poço, mais agressiva será a Globo e Folha!

    Não gosto dessa figura, mas replico aqui algo atribuído ao Brizola: “O que é bom para Globo? É ruim para o Brasil”. Se a Globo está revoltada dessa forma? É porque esse governo é o melhor para a nação!

    Segura o tranco Bolsonaro! Brasil acima de tudo e Deus acima de todos! #globolixo

  • Eles estão putos que Bolsonaro tem mais público com suas própria Redes Sociais do que toda grande mídia marrom!

    E devem estar comemorando a chegada da CNN Brasil já que isso tudo é apenas fachada para repatriarem de volta no Brasil os bilhões roubados pelos comunistas e globalistas na tentativa de enfraquecer a onda conservadora que está no poder representada por Jair Bolsonaro entre outras personalidades ilustres.

  • Como é bom ver a grande mídia podre perdente o status, perdendo a credibilidade, perdendo a retórica, perdendo as estribeiras, perdendo a graça, perdendo o público e principalmente perdendo as verbas. E tudo isso é só o começo. Estou me divertindo muito! Podem chorar, o choro é livre! kkkkkkkkkk

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...