Agenda gayzista nas FFAA a todo vapor - Terça Livre TV
BrasilNotícias

Agenda gayzista nas FFAA a todo vapor

O programa Fantástico da Rede Globo, conhecida por usar toda a sua grade de programação a serviço da agenda gayzista, a qual em nada protege gays e similares, tão somente usando-os como massa de manobra, fez mais uma matéria sensacionalista envolvendo um homem que se diz mulher entre outros casos.

Ainda segundo a matéria, a Defensoria Pública disse  que “não há justificativa constitucional e legal para a reforma de um militar por motivo de identidade de gênero” e que na semana passada, o Ministério Público Federal divulgou uma recomendação às Forças Armadas depois de analisar casos de aposentadoria compulsória de militares transexuais. O documento diz que: “Um inquérito civil vai apurar possível violação aos direitos humanos no âmbito das Forças Armadas Brasileiras – Exército, Marinha e Aeronáutica -, que estariam reformando sistematicamente militares por conta da condição ou opção sexual“.

O que podemos dizer da matéria do Fantástico? Nada mais que o que ensina Olavo de Carvalho, professor e filósofo:

“A afetação de neutralidade superior, especialmente quando se quer impingir à platéia opiniões arriscadas e mentiras cínicas, é a essência mesma do “estilo jornalístico”. Os “grandes jornais” deste país praticam-no com destreza tal que a maior parte de seus leitores, tomando a forma pelo conteúdo, acredita seguir a razão e o equilíbrio no instante mesmo em que vai se acomodando, pouco a pouco, anestesicamente, às propostas mais dementes, às modas mais escandalosas, às idéias mais estapafúrdias.”

Certo é que o MPF, ao lado da Globo e da ONU irão impor este controle comportamental para obrigar-nos a aceitar que um homem não é mais homem ou uma mulher não é mais mulher pelo simples fato de assim o terem decidido.

Assista o que diz o professor e filósofo Olavo de Carvalho, no vídeo acima, sobre a agenda gayzista.

 

Tags
Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close