fbpx

Alexandre de Moraes dá 10 dias para que Bolsonaro explique retorno de Ramagem à Abin

 


O ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), deu prazo de 10 dias para o presidente Jair Bolsonaro prestar informações a respeito do retorno do delegado da Polícia Federal Alexandre Ramagem para o comando da Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

Desta vez, a decisão de Moraes ocorreu após ação movida pelo PSB. O partido tenta suspender decreto presidencial que havia tornado sem efeito a exoneração de Ramagem do cargo de diretor-geral da Abin, publicada no Diário Oficial da União na semana passada.

Na ação, o PSB alega que o ato foi uma manobra ilegal para evitar uma nova sabatina do indicado ao cargo pelo Senado.

Ramagem havia sido inicialmente escolhido por Bolsonaro na semana passada para ser diretor-geral da Polícia Federal.

Mas teve sua posse barrada por outra decisão de Moraes, atendendo pedido do PDT e agindo de forma monocrática e política.

(Com informações, Reuters)

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...