fbpx

Argentina lança plano nacional contra a fome

Foto: Agustin Marcarian/Reuters
 


O governo do presidente argentino Alberto Fernández oficializou nesta segunda-feira (13) a criação do plano nacional contra a fome, que será liderado pelo Ministério do Desenvolvimento Social do país.

O objetivo do plano é “garantir segurança e soberania alimentar a toda população e às famílias argentinas, com especial atenção aos setores de maior vulnerabilidade socioeconômica”.

Na resolução do projeto, é indicado que “em virtude da emergência alimentar e nutricional que atravessa” a Argentina, “é essencial compreender que todas as ações e estratégias realizadas pelo Ministério do Desenvolvimento Social, através de seus diversos programas, tem o objetivo de responder a esta situação”.

Ainda foi informado que para combater o problema da fome na Argentina, “é necessária uma abordagem global”.O programa contra a fome na Argentina inclui vários projetos promovidos por Alberto Fernández desde a sua posse, quando o presidente transformou essa política em um dos pilares de seu governo.

Entre esses projetos, o governo estabeleceu o objetivo de distribuir 1,4 milhão de cartões de alimentos com orçamento entre quatro e seis mil pesos argentinos por mês, dependendo do número de crianças da família.

As beneficiárias do plano serão mães e pais com filhos e filhas de até 6 anos de idade que recebem o Auxílio Universal da Criança (AUH), grávidas a partir dos três meses de gestação que recebem o auxílio à gravidez e pessoas com deficiência que ganham um valor fixo mensal para comprar alimentos, exceto bebidas alcoólicas.(ANSA)

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Bruna de Pieri

Jornalista e católica.

5 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Já vi este filme em algum dos países da América do Sul, começou com cartão de distribuição de comida, depois só quem apoia o governo que recebe os cartões, e a M…… está feita, começam os saques, governo começa a reprimir e a prender opositores, com a desculpa que estão provocando e incentivando a derrubada do governo democrático.

  • jeito esquerdista de governo..dar esmola pra enganar o trouxa..pqp, não apredem nunca…que cancer esse socialismo, mds!!!

  • Mais uma “Bolsa” para fazerem as pessoas mais e mais dependentes do Estado. Em vez de se criar empregos para que as pessoas tenham a liberdade de ganhar e comprar seu próprio alimento, acostumam o povo a mamar nas tetas do mesmo, que precisa deles pra continuar sempre no comando.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...