Argentina tenta renegociar dívida junto ao Fundo Monetário Internacional

Ministro das Finanças da Argentina, Hernán Lacunza-Foto:Reuters


O governo da Argentina propôs ao Fundo Monetário Internacional (FMI) iniciar o diálogo para rever os vencimentos da dívida com a instituição. A informação foi anunciada pelo ministro das Finanças da Argentina, Hernán Lacunza, nesta quarta-feira (28).

Em coletiva de imprensa, Lacunza também anunciou medidas para tentar controlar o quadro de instabilidade local, como a extensão dos vencimentos de dívida de curto prazo para investidores institucionais, por exemplo, bancos e seguradoras.

As dívidas somam um total aproximando de cerca de US$ 56 bilhões (cerca de R$ 223 bilhões), que deveriam ser pagos a partir de 2021. A moratória seria uma forma de assegurar a capacidade de pagamento do país.

Uma reunião com representantes do FMI nas próximas semanas vai discutir a revisão da dívida. Para o ministro, o diálogo será longo e possivelmente só será concluído no próximo governo, seja com Maurício Macri ou qualquer outro nome.

“A prioridade hoje é garantir estabilidade porque é inútil lançar medidas de reativação se não houver estabilidade”, afirmou Lacunza, que assumiu o cargo na semana passada.

 

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Bruna de Pieri

"Cheguei mesmo à conclusão de que escrever é a coisa que mais desejo no mundo" (C.L.) | Jornalista, Católica, 22 anos,

3 Comentários

Clique aqui para comentar

  • E porque a Argentina está nesta merda de dar gosto ? Será que sempre foi assim ?
    No ano de 1900 , a grana estava na City londrina . Nas ruas do centro econômico , haviam muitos escritórios especializados em aplicar dinheiro dos outros , e oportunidades eram pesquisadas.
    Se naquele tempo você perguntasse para qualquer um deles , qual o país com maiores chances de sucesso , não haveria dúvidas : era a Argentina . Ela era a maior produtora de carne do mundo . Os ingleses tinham fabricas para enlatar e exportar esta carne para qualquer lugar do mundo . Os criadores de carne tinham muito dinheiro e seus filhos estudavam na Inglaterra e França . Os EUA então estavam se recuperando da guerra havida entre o Norte e o Sul , e o banditismo por lá era um tremendo problema.
    E a situação da Argentina sempre foi melhorando , e nas duas guerras mundiais havidas , a Argentina continuou a fornecer carne , enchendo ainda mais os cofres de dinheiro.
    Parecia que nada neste mundo poderia abalar a Argentina .
    Grande engano.
    Tinha um carinha chamado Juan Domingos Perón que tinha um projeto de poder . E Para subir ao poder , usou o lado mais negro e podre do populismo , usando os pobres como escada para chegar aos lugares mais altos. E um país que era prospero e organizado , ficou de 4 com Peron e nunca mais voltou ao que era. Foi descendo ladeira abaixo.
    Hoje a Argentina está numa situação que nem a esquerda e nem a direita podem fazer qualquer coisa , e quando um dos lados faz algo , o outro lado sabota.
    E nós com isto ?
    Temos tudo a ver.
    O Brasil teve um governo de viés populista que causou a maior recessão e atraso ,e se fosse eleito mais um governo de esquerda , este seria o fim definitivo do Brasil.
    E seriam a Argentina e o Brasil passando o pires para pagar suas contas , pois não conseguem gerar riquezas para pagar a comida que comem. Simples assim.

  • O nome Venezuela é uma homenagem a cidade de Veneza, hoje Itália, que Américo Vespúcio, navegador e negociante italiano, colocou por ver as palafitas dos indigenas. Argentina, Venezuela, Bolivia, Paraguai, Brasil, etc. sempre foram terras que estavam devendo, e devem aos banqueiros internacionais, antes mesmos de terem esses nomes e uma suposta independência, pois os sanguessugas sempre exploraram aqui na América Latina, sejam através dos representantes dos banqueiros Judeus Alemães, das famílias Fugger ou Welser ou Rotchilds, mas hoje é o FMI que um testa de ferro dos banqueiros Globalistas.

Blog Authors

Guilherme Galvão VillaniGuilherme Galvão Villani

Mariliense. Gosto pela Administração, Contabilidade e Finanças. Atu...

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...