MundoNotícias

Ao menos 37 mortos após atentados suicidas no Afeganistão

Ao menos 37 pessoas, incluindo nove jornalistas, morreram em uma série de atentados em Cabul e no sul do Afeganistão, nesta segunda-feira (30).

Um duplo atentado suicida atingiu a capital na parte da manhã, deixando ao menos 25 mortos, entre eles o chefe de Fotografia da AFP em Cabul, Shah Marai. Outros oito jornalistas morreram igualmente no segundo ataque.

Horas depois, outro atentado suicida em Kandahar (sul) matou 11 crianças. Um repórter da BBC britânica foi morto a tiros em Jost (sudeste).

“É com enorme tristeza que a BBC confirma a morte do nosso repórter afegão Ahmad Shah como consequência de um atentado”, disse a BBC em um comunicado.

O duplo ataque suicida em Cabul foi reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico (EI). Em um comunicado divulgado por sua agência de propaganda Amaq, o grupo afirma que o primeiro atentado atingiu a sede em Cabul do serviço de Inteligência e das forças de segurança afegãs, e o segundo, os jornalistas que seguiram para o local.

“Os apóstatas das forças de segurança, dos meios de comunicação e outras pessoas compareceram ao local da operação, onde um irmão os surpreendeu com seu colete de explosivos”, completou o braço do EI no Afeganistão.

Fonte: AFP

 

 

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close