ArtigosRicardo Rovervan

Bate papo com o autor Alexandre Costa: Redução Populacional

Dia 13 deste mês de dezembro tive o prazer de conversar com o Alexandre Costa, autor do livro “Introdução à Nova Ordem Mundial” sobre o tema da redução populacional.

A motivação deste hangout foi o filme “What Happened to Monday?” (Onde está Segunda?). O filme retrata uma situação onde as propostas globalistas de redução populacional tornaram-se leis, os pais só podem ter um filho no máximo e o estado usa força policial para recolher as crianças que nascem além do limite estipulado. A proposta do estado é que as crianças sejam enviadas para câmara de criogenia, na qual permanecerão congeladas até que o planeta tenha condições de recebê-las novamente. A prática no entanto é outra: as crianças são exterminadas secretamente pelo estado.

O filme se passa em 2073 e isto é importante por um motivo: entre os globalistas, destaco o Clube de Roma, que sob o termo eufemístico “desenvolvimento sustentável“, carrega em seu bojo propostas de redução populacional, e afirma em seus documentos que tal crise acontecerá antes do final do século XXI.

O Clube de Roma foi fundado em 1968 por David Rockefeller, Aurelio Peccei e Alexander King. Em 1972 membros lançaram um livro chamado “Limits to growth” (Os Limites do Crescimento), que vendeu mais de 30 milhões de cópias em 30 idiomas. Neste livro foi apresentado o estudo sobre o crescimento populacional elaborado com o uso de um sistema computacional chamado World3. A conclusão apresentada é que ainda no século XXI haveria um colapso econômico e social devido ao esgotamento dos recursos naturais.

Para quem quiser conferir, deixei o download do livro “Limits to growth” em PDF, disponível neste link.

No livro “Introdução à Nova Ordem Mundial“, do Alexandre Costa, encontrei a seguinte passagem:

A sentença do austríaco Hugo Von Hofmannsthal é uma das mais factuais:
“Nada está na política de uma nação que não estivesse antes na sua literatura”.

A esta passagem soma-se esta observação:

  • O livro do Clube de Roma afirma que colapso aconteceria ainda neste século.
  • O filme trata do mesmo assunto e se passa em 2073, ainda neste século.

Filmes anteriores trataram do tema da redução populacional, como “Kingsmann – O Serviço Secreto” e alguns 007, mas os heróis impediam o plano em fase de implantação, o que me saltou aos olhos é que neste filme “Onde está Segunda?“, o plano já está em ação, os globalistas venceram e o que era plano virou lei e este é o primeiro filme a abordar o tema desta forma.

Outro fator importante foi uma passagem que encontrei no livro do Alexandre, em que um dos fundadores do Clube de Roma, o David Rockefeller, fez um agradecimento público à Revista Times, ao New York Times e ao The Washington Post por não falarem no assunto.

Além da redução populacional o livro do Alexandre Costa serve como primeiros passos para quem deseja começar a entender o assunto “Nova Ordem Mundial“.

Logo no início do hangout, ele deixou suas impressões sobre o filme com importantes dados e observações sobre os critérios expostos, como as investidas culturais na homogenização das ideias circulantes e o controle do fluxo de informações, traçando paralelos entre os dias atuais e a obra 1984 de George Orwell.

Costa explicou por quais motivos o primeiro item da Nova Ordem Mundial é o controle populacional. Abordou os princípios históricos da eugenia e seus autores, bem como a simpatia da esquerda pela ideia e a mudança de termos para disfarça-la nos dias atuais. O autor expôs as estratégias diversas aplicadas com menções ao casamento homossexual, ao aborto, controle alimentar, legalização das drogas, aumento da violência com controle das armas e relaxamento das penas para criminosos, substituição das pessoas por máquinas, controle de natalidade, apologia ao suicídio, eutanásia, entre outros.

Com esmero explicou como tais temas, mesmo que abordados com argumentos contrários como no filme, fazem parte de uma estratégia maior ao colocar tais debates em circulação.

Nos temas relacionados à redução populacional, Alexandre listou diversos apontamentos como o “Relatório de Iron Mountain“, no qual os estudiosos afirmaram que para se manter um povo coeso, é necessário a existência de um inimigo externo, mas como não há guerras entre nações acontecendo constantemente, este inimigo externo poderia ser substituído por outros subterfúgios. Ele nos explicou com detalhes, dos estudos do relatório às motivações que conduziram à planejar uma redução populacional.

Alexandre então relacionou os 3 esquemas de poder global em disputa e como colaboram entre si: comunismo internacional, islamismo e globalismo. Tais forças tem um alvo comum: a sociedade ocidental e sua formação com o cristianismo, o direito romano e a filosofia grega. Esmiuçando o tema, ele realizou os apontamentos necessários.

Nos demais assuntos da NOM (Nova Ordem Mundial), também o autor relacionou o HAARP, o Codex Alimentarius, os Chemtrails e as Georgia Guidestones (As Pedras Guias da Geórgia).

Questionado sobre a fragilidade do sistema e das estratégias em ação, Costa demonstrou o dinamismo das organizações, de como mudam e se adaptam rapidamente. Falou sobre o que mudou desde a publicação de seu livro há poucos anos para os dias atuais e sobre as concepções do Clube de Bilderberg. Dentro da mesma questão ele deu dicas de como as manifestações de junho de 2013 foram pré-planejadas e afetadas pelas redes sociais, cujos proprietários estiveram presentes nas reuniões dos grupos. Reuniões documentadas.

Aproveitando o ensejo Alexandre nos contou sobre seu próximo livro que prosseguirá aprofundando-se no assunto, mas desta vez ainda mais amplo e com uma parte dedicada ao Brasil neste cenário.

Por fim, o autor dedicou um tempo amplo à responder perguntas dos ouvintes e nos fez recomendações: primeiro sobre livros de não-ficção que fornecem dados de pesquisas sérias. Em seguida sobre livros de ficção e filmes que servem para ajudar a imaginação na concepção dos esquemas ilustrados pelo material disponível.

Livros de não-ficção:

  • Nova-Nova Ordem Mundial e o Brasil – Coronel Enio Fontenelle
  • Espiral do Silêncio – Elisabeth Noelle Neumann
  • Fuga do Campo 14 – Blaine Harden
  • A Nova Era e a Revolução Cultural – Olavo de Carvalho
  • Introdução à Nova Ordem Mundial – Alexandre Costa
  • Eixo do Mal Latino-Americano – Heitor de Paola
  • A Corrupção da Inteligência – Flavio Gordon
  • Os Eua e a Nova Ordem Mundial – debate entre Olavo de Carvalho e Aleksandr Dugin
  • Revolução e Contra-Revolução – Plinio Corrêa De Oliveira
  • Memórias – David Rockefeller
  • A Conspiração Aberta – Flavio Quintela e H G Wells

Livros de ficção:

  • Fahrenheit 451 – Ray Bradubury
  • 1984 – George Orwell
  • Admirável Mundo Novo – Aldous Huxley
  • Neuromancer – William Gibson

Filmes:

  • What Happened to Monday?
  • The Wicker Man
  • Safety Last!
  • Mars Attacks!
  • Eyes Wide Shut

Bate papo com o autor Alexandre Costa: Redução Populacional

Fonte: Blog do Ricardo Rovervan

Tags
Ver mais

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Hoje em dia essa Agenda de redução populacional não só não é combatida como é desejada por, principalmente, indivíduos de classe média alta e alta. Observo em algumas páginas do instagram que sigo, que quando mostram populações de países como Índia e China e as projeções dos crescimento populacional de países como Índia, Bangladesh, Nigéria e Indonésia, as pessoas desejam que esses povos sejam literalmente exterminados, além de que os países em que a população não só não, cresce, mas diminui, são considerados países sensatos. “Ter cachorros é melhor que ter filhos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close