Bene Barbosa: decreto para posse de armas foi tímido

Bene Barbosa - Leda Nagle


Em entrevista concedida hoje (15/1) à jornalista Leda Nagle no canal do Youtube dela, o ativista pelo fim do Estatuto do Desarmamento, Bene Barbosa, demonstrou desânimo com o decreto presidencial para posse de armas de fogo.

O decreto foi assinado nesta terça-feira (15/1) pelo presidente, Jair Messias Bolsonaro, pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e pelo ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva. Em seguida o documento foi publicado no Diário Oficial da União.

Segundo Bene, o decreto foi “tímido“.

Confira

Sobre o Colunista

Ricardo Roveran

Ricardo Roveran

Estudante de artes, filosofia e ciências. Jornalista, crítico de arte e escritor. Escrevo por amor e nas horas vagas salvo o mundo.

Twitter: @RicardoRoveran

5 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Nessa ai estou com o Benê!…..esperava muuuuuuito mais desse decreto, de qualquer forma é um avanço mas ainda muuuuito minguado!…..

  • porra meu….o decreto foi um primeiro passo….foi um aceno para os deputados q virão….pqp…
    o bolsonaro não esta la p fazer milagre…ainda tem um sistema inteiro p derrubar…isso não sera feito a passos largos…e sim minando os alicerces

  • Este decreto foi do tipo me engana que eu gosto, era melhor deixar do jeito que estava, pois estava pacificado. Outra questão é que antes daquele plebiscito, a coisa estava funcionando a contento e os bandidos não estavam folgando como agora, tinham limite. Mais uma vez se constata que aonde o governo se mete a regular algo, o melado azeda.

  • Calma, pessoal, vocês vão morrer de ejaculação precoce. O decreto é o primeiro passo. O segundo é a anistia de armas que estão “ilegais”.

  • Embora o professor Olavo, o pessoal do Terça Livre e outros influenciadores expliquem a teoria da “janela de Overton”, se é que se pode chamar de teoria, a equipe parece não entender. Realmente foi tímido. Não se avança com timidez. Deveria ter sido muito mais amplo para que influenciasse futuras decisões, nomeadamente em relação ao porte. Não há que se perder ou temer perder forço logo de início.
    Espero que Bolsonaro seja mais firme em outras decisões. O Nêumanne afirmou que Bolsonaro já está a rever
    a decisão de acabar com a Tv Lula. Se for verdade, pqp…

Colunistas

Guilherme Galvão VillaniGuilherme Galvão Villani

Mariliense. Gosto pela Administração, Contabilidade e Finanças. Atu...

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...