Bolsonaro assume presidência do Mercosul e quer eliminar viés ideológico do bloco



O presidente Jair Bolsonaro assumiu nesta quarta-feira (17) a presidência pró-tempore do Mercosul em cúpula realizada na cidade de Santa Fé, na Argentina.

De acordo o Bolsonaro, o plano de ação é ambicioso: eliminar o viés ideológico do bloco, enxugar sua estrutura, revisar a Tarifa Externa Comum e acelerar as negociações comerciais com grandes economias de todo o mundo.

“Com a retomada do crescimento econômico e a liderança do nosso Brasil, o Século XXI tem tudo para ser o Século da América do Sul. Vamos mudar os rumos da nossa história!”, tweetou o presidente.

O presidente está na Argentina para a 54ª Cúpula do Mercosul. Os presidentes Maurício Macri da Argentina, Tabaré Vázquez do Uruguai e Mario Abdo Benítez do Paraguai também participam do evento.

As reuniões de cúpula buscam o consenso para a celebração de acordos com o objetivo de destravar e transformar o bloco econômico, que segundo Bolsonaro, se tornará o Mercosul 2.0.

Uma das principais atividades será a assinatura do acordo para que viajantes dos países do bloco não necessitem mais pagar roaming internacional, ou seja, possam realizar ligações sem cobranças extras das operadoras de telefonia durante as viagens.

Outros acordos à serem discutidos são a troca de informações migratórias entre os países, políticas coordenadas de saúde, extensão de medidas para a proteção de mulheres vítimas de violência, extensão de decisões judiciais sobre pensões alimentícias, rede de cooperação penitenciária, defesa do consumidor, revisão das tarifas de importação, e flexibilização de acordos bilaterais, onde o brasil pretende também estabelecer um acordo de livre comércio com os Estados Unidos.

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Bruna de Pieri

"Cheguei mesmo à conclusão de que escrever é a coisa que mais desejo no mundo" (C.L.) | Jornalista, Católica, 22 anos,

9 Comentários

Clique aqui para comentar

  • para o Bolso só existe um viés..o de esquerda. O viés (que quer dizer segmente, direção) de direita não existe, por isso seus comentário são incompletos. O correto seria ele dizer “eliminar o viés ideológico de ESQUERDA do bloco” e implementar o viés de Direito. Poderia ser mais honesto e ser mais claro, a não ser que não saiba o que está falando.

  • Eliminar não, trocar o viés. A notícia verdadeira é essa. O Brasil existe a mais de 500 anos. Desses, chutando alto e com divergências, a esquerda governou, digamos, por sessenta anos. A direita quer vender a ideia de que a culpa do Brasil ser o que é e estar nessa situação é da esquerda. Para vai!! A sociedade brasileira é corrupta ( jeitinho brasileiro). Só para exemplificar e não defender, na Petrobrás já existe corrupção e aparelhamento há muito tempo ( ler matérias sobre declarações de Monteiro Lobato e Paulo Francis, que sofreram com inúmeros processos pelos governantes da época). Essa conversa de polarização interessa a quem hem? Jogar cidadão contra cidadão, para no fundo nada mudar. Se é para acabar com corrupção, de verdade, que se vá para cima de todos seja ele Flávio Bolsonaro ou outro qualquer. O resto é papo furado de militante e fanático.

  • Funcionário Público não deveria ter direito a privacidade financeira nenhuma, seja ele, quem for!! Tudo ás claras e declarado. E público!!!

  • Bolsonaro e seus ministros, já deixaram muito claro que oque mais importa é o Brasil e seu povo. Para a ( Esquerda ) e seus aliados/cúmplices, pouco importa o quão ele trabalhe e batalhe para que o Brasil decole. Essa é a turminha do “quanto pior melhor”.
    Fiquem tranquilos, pois vocês também irão gozar de um Brasil mais próspero e justo.
    Obs: Se a carruagem continuar nos conformes, como tem sido até aqui… certeza de que teremos pelo menos mais uns 12 anos de Governo ( BOLSONARIANO ) tenho orgulho do meu voto ( 17 ).
    Brasil acima de tudo. Deus acima de todos.

    Forte abraço, ta ok.

Blog Authors

Guilherme Galvão VillaniGuilherme Galvão Villani

Mariliense. Gosto pela Administração, Contabilidade e Finanças. Atu...

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...