Bolsonaro manda suspender uso de radares nas rodovias federais



O Presidente da República, Jair Bolsonaro, determina ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio de despachos publicados hoje (15) no Diário Oficial da União, que suspenda o uso de radares fixos, móveis e portáteis até que o Ministério da Infraestrutura “conclua a reavaliação da regulamentação dos procedimentos de fiscalização eletrônica de velocidade em vias públicas”.

De acordo com o documento, a medida tem por objetivo “evitar o desvirtuamento do caráter pedagógico e a utilização meramente arrecadatória dos instrumentos e equipamentos medidores de velocidade”.

O despacho do presidente pede também que o ministério “proceda à revisão dos atos normativos internos que dispõem sobre a atividade de fiscalização eletrônica de velocidade em rodovias e estradas federais pela Polícia Rodoviária Federal.

Agência Brasil

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Bruna de Pieri

"Cheguei mesmo à conclusão de que escrever é a coisa que mais desejo no mundo" (C.L.) | Jornalista, Católica, 22 anos,

14 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Bola fora do Bolsonaro. Sem radar móvel, vai voltar a onda dos acéfalos que andam a 180km/h onde não tem radar fixo. Os que têm complexo de inferioridade, e só se sentem másculos correndo como loucos.

  • Parabens sr president, quem quiser que se mate, será que ninguém sabe que Alta velocidade pode matar?
    Acabou a farra das multas, muito bom mesmo.

  • Bom dia Bruna de Pieri, parabéns pelas matérias, são ótimas. O presidente executa mais um de varias promessa de campanha, estou muito orgulhoso, de te votado em um homem que tem hora e caráter em sua atitudes, um tiosão nas conversas, um patriota nas atitude.

  • Certíssimo, não se faz a lei baseando-se na exceção, a grande maioria dos motoristas dirige com bom senso e sabe quando poder correr e quando não.

    Radares são a indústria de multa do Estado, quando você vê notícias sobre acidentes de trânsito, geralmente as causas são: dirigir alcoolizado, ultrapassagem em faixa contínua, dormir no volante, falha mecânica ou baixa visibilidade.

    Isso sem contar os motociclistas que são campeões de acidentes com sua mania de costurar o trânsito.

    Esse presidente me representa!

  • Reclama quem não votou no Bolsonaro, pq ele já falava que iria fazer isso desde a época da campanha. Bolsonaro é o único político q eu já vi q se esforça p cumprir suas promessas. Portanto ninguém q votou está sendo enganado. Meu PRESIDENTE!!!

  • Quem aplaude esse tipo de medida deve andar somente no limite permitido nas rodovias, o que no Brasil eu duvido muito. Mas temos um fato recente que pode ilustrar o futuro nas rodovias, lembram desse?
    “Presidente do PSL Teresina capitão Anderson morre em colisão na BR-343”
    Devia estar respeitando os limites.
    E outra a “indústria da multa” só existe porque tem matéria prima, vamos começar a seguir o CTB e vamos ver se alguém é multado.
    Só porque fazemos uma pseudo prova do CTB para tirar a CNH, achamos que conhecemos as leis.

  • A velocidade que consta na multa já está descontada de uns 10%, ou seja, no seu caso Sr. José Pizzutti, estava a pelo menos 90 Km/h. Um dos problemas do nosso povo é não assumir a culpa. A culpa é sempre dos outros.

  • “Iludido”:
    1- Os radares foram suspensos. Sabe a diferença entre suspenso e extinto, imagino.
    2- As leis (inclusas as regras de trânsito, tributárias, trabalhistas, etc) precisam sem simplificadas, o Estado precisa devolver poder ao indivíduo, acreditar nas pessoas. Quando alguém diz “devemos respeitas as leis e tudo dará certo”, considerando esse contexto brasileiro no qual o Estado concentra poder para usá-lo contra o cidadão/contribuinte , esse alguém demonstra ser um positivista idólatra do Estado, que não consegue ter um horizonte de consciência razoável .
    3- Essas coisas precisam ser revistas (radares, CNH, IPVA, CFCs, todo o sistema de trânsito): isso é algo notório, e ninguém teve força para rever todo esse sistema de extorsão generalizada. Por exemplo, me cite uma prova de concurso público que exija que o candidato tenha que fazer aulas teóricas e práticas para ter o direito de fazer a prova de aptidão. Não existe. Apenas no anacrônico Detran/CFC para fazer a CNH, a qual eles vendem como se fosse um sonho, mas deveria ser um mero procedimento administrativo, célere e simples, uma vez que o proprietário/condutor já colabora com grande parte do setor econômico (montadoras, autopeças, seguros, combustíveis, serviços, IPI, ICMS, etc), não é crível que ainda se exija que o mesmo pague altos valores e seja obrigado a fazer toda a carga horárias de aulas teóricas e práticas sob a tutela de um órgão público supervalorizado e totalitário, etc;

  • A matéria é sobre radares e sempre que se fala em radar vem os comentários sobre a “indústria da multa”. Se você respeitar as leis de trânsito, não será multado. Outras obrigatoriedades realmente podem ser extorsão, mas multa só paga quem faz coisa errada no trânsito.

  • Indústria da multa sim, não estou falando em acabar com as leis de trânsito, apenas falo que a quase totalidade dos motoristas tem bom senso para saber a que velocidade pode trafegar com segurança, não são necessários radares para isso, principalmente esses radares com os limites ridículos de velocidades que temos hoje.

    Além disso como pagador de impostos não quero que meu dinheiro seja usado para pagar concessão de radar. Há outras forma melhores de gastar dinheiro de imposto, ou melhor ainda, o dinheiro pode ficar comigo em vez ser usado de pagar essa porcaria.

  • Mais um acerto de Bolsonaro!

    O objetivo de todos políticos no Parlamento era aumentar arrecadação continuamente, com a desculpa de criarem postos de trabalho, abrindo concursos publico, pra incharem o Estado e com isso aumentarem os lucros advindos da corrupção.

    O brasileiro tem que parar de acreditar apenas em noticia e entender a realidade que está além das ações de cada agente político!!!

    Sergio Moro com todo o conhecimento dele pensou que poderia enfrentar toda podridão da política com o nosso aparato jurídico legal.

    Hoje os políticos corruptos estão tentando destruir Sergio Moro, a Lava-Jato e quem mais estiver em seu caminho, com o uso do próprio aparato legal do Estado de direito, com uma ajudinha do STF aparelhado..

    E o povo continua dormindo alienado!

  • Parabéns ao Presidente Bolsonaro! As rodovias federais são uma armadilha: um trecho é a 50 km, depois de uns 500 metros é a 60 km, depois sobe para 100 km e de repente baixa para 60 km novamente. Eu precisei viajar muito de carro pelo interior do Brasil e usei várias rodovias federais e fiquei morrendo de pena dos caminhoneiros pq assim é muito fácil a gente perder a carteira de motorista. Eu que não sou motorista profissional fiquei com medo de perder a minha carteira – imagina o coitado do sujeito que tem como profissão dirigir, dia e noite, e se descuidar perde a carta.

  • Se cada um faser a sua parte, e deixar que as criticas voltem para os que pratica as imprudência do transito, nos viveremos bem melhor, se a placa de sinalização esta indicando 110 km… RESPEITE… caso contrário você irá pagar pelo desrespeito a sinalização.
    Não adiante ficar cutucando o próximo, talvez quem julga é o que mais deve.

    rádio romantica1

Blog Authors

Guilherme Galvão VillaniGuilherme Galvão Villani

Mariliense. Gosto pela Administração, Contabilidade e Finanças. Atu...

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...