MundoNotícias

Bombeiro faz brincadeira com Maduro e é preso pelo ditador

Um bombeiro venezuelano foi preso após comparar o ditador Nicolás Maduro com um burro. A denúncia foi feita pela ONG Fórum Penal nesta sexta-feira (14).

“Ricardo Prieto (…) foi detido ontem pelo DGCIM (contrainteligência militar). Aparentemente o motivo da prisão foi um vídeo postado nas redes onde aparece um burro, a quem chama de Maduro”, escreveu no Twitter Alfredo Romero, diretor da ONG.

Na gravação é possível ver uma mulher usando um uniforme de bombeiro e levando um burro para dentro do quartel.

O homem que filma, supostamente Prieto, chama o animal de “presidente” Maduro e brinca dizendo que o chefe de Estado está fazendo uma inspeção no local.

No vídeo, o burro para e começa a comer grama e o homem diz, rindo: “Como podem ver, ele próprio está verificando as condições da grama (…), é a única boa que temos aqui”.

O ditador continua oprimindo o povo venezuelano sem que haja interferência efetiva de governos ou ONG’s estrangeiras.

Fonte: AFP

Tags
Ver mais

Fernanda Salles

Jornalista/Repórter

Artigos relacionados

2 Comentários

  1. Maduro está certo em prender esse bombeiro. Comparar um Pobre Burro, animal que serviu e serve ainda a humanidade, com um genocida é um crime contra a moral dos Burros. Devemos ter mais respeitos com esses animais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close