BrasilNotícias

Brasil 247 faz acusação falsa sobre assessor de Eduardo Bolsonaro

O site Brasil 247 terá que prestar contas com um dos assessores do deputado federal Eduardo Bolsonaro. Na tarde dessa segunda-feira (9), a deputada estadual Manuela d’Ávila, do Partido Comunista do Brasil, foi alvo de uma brincadeira de um homem que declarou apoio ao deputado Jair Bolsonaro no momento de tirar uma foto com a deputada, enquanto ela participava de um ato em apoio ao ex-presidente condenado Lula, em Curitiba. Horas após o ocorrido, o portal fez uma matéria em que acusa Gildevanio Ilso dos Santos, o Gil Diniz, de ser autor da brincadeira com a deputada comunista.

A diferença de fisionomia entre o autor da brincadeira e Gil não foi empecilho para que outros portais petistas replicassem a acusação.

O site “Caviar Esquerda” publicou a falsa acusação e fez apologia à violência: “Às armas, cidadãos! Formai vossos batalhões! Que um sangue impuro banhe nosso solo!”

Em suas redes sociais, Gil Diniz garantiu que está guardando todo o material e que tomará as devidas providências contra os acusadores.

 

Ver mais

Artigos relacionados

2 Comentários

  1. Daqui a pouco a Globo replica a Fake NEWS,(se já não o fez)”inocentemente”,dps pede desculpas pelo noticiado.Mas a mancha na imagem fica no inconsciente daquele indeciso espectador dela.Assim como a midia exterior faz com o Trump,já q ele não tem podre,ou eles criam ou atacam quem está próximo à ele,com o intuito de manchar sua imagem indiretamente…E A Esquerda ainda fala em regular a grande mídia…¬¬

  2. O Brasil precisa de mudanças urgentes. Deviam criar a LEI DA FAKE NEWS, com pena de 5 a 15 anos mais multa proporcional ao estrago causado, fixada em no mínimo 500 mil, excetuados os eventuais danos morais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close