Brasil e EUA assinam acordo de desenvolvimento militar



Brasil e Estados Unidos assinaram ontem (8), no estado americano da Flórida, um acordo na área militar para desenvolvimento de projetos futuros.

O Acordo de Pesquisa, Desenvolvimento, Teste e Avaliação vai abrir caminho para aperfeiçoar ou prover novas capacidades militares.

O governo brasileiro espera facilitar seu acesso ao mercado norte-americano na área de defesa, bem como facilitar a entrada de produtos brasileiros em outros 28 países da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN). 

A assinatura do acordo ocorreu durante a visita do presidente Jair Bolsonaro ao Comando Militar do Sul, responsável por coordenar as operações militares dos Estados Unidos no Caribe, Centro e América do Sul. A previsão é de que Bolsonaro permaneça nos Estados Unidos até amanhã (10).

Em um declaração conjunta, o Planalto e a Casa Branca declararam que os presidentes reafirmaram seu apoio mútuo à “democracia na região”, incluindo o apoio ao presidente interino da Venezula, Juan Guaidó.

Ambos também reforçaram o compromisso com a paz e a prosperidade no Oriente Médio. Trump afirmou que continuará apoiando o Brasil no processo de acessão  à Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Leia à íntegra da declaração:

Declaração Conjunta do Presidente Jair Bolsonaro e do Presidente Donald J. Trump

Hoje, o Presidente Jair Bolsonaro e o Presidente Donald J. Trump reafirmaram a aliança estratégica entre Brasil e Estados Unidos, aprofundando a parceria entre os dois países. Os dois líderes concentraram-se no aumento da prosperidade econômica, no fortalecimento da democracia e na promoção da paz e da segurança.

O Presidente Bolsonaro e o Presidente Trump reiteraram o apoio de seus países à democracia na região, incluindo apoio ao presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, e à Assembléia Nacional da Venezuela democraticamente eleita em seu trabalho para restaurar a ordem constitucional na Venezuela. Os dois líderes também discutiram o apoio aos esforços da Bolívia para a realização de eleições livres e justas.

O Presidente Bolsonaro e o Presidente Trump reiteraram seu compromisso com a paz e a prosperidade no Oriente Médio, e o Presidente Bolsonaro elogiou a visão dos EUA para a coexistência pacífica entre o Estado de Israel e um Estado palestino.

Como líderes das duas maiores economias do hemisfério, o Presidente Bolsonaro e o Presidente Trump destacaram os potenciais benefícios da ampliação das relações econômicas bilaterais para trabalhadores e empresas brasileiros e norte-americanos. Com esse propósito, instruíram seus representantes de comércio a aprofundar discussões para um pacote bilateral de comércio neste ano, visando à intensificação da parceria econômica entre os dois países.

Os dois líderes também discutiram acelerar a participação do Brasil no programa de Operadores Econômicos Autorizados, que agilizaria o comércio entre os dois países ao garantir a segurança dos bens importados, com objetivo de entrada do Brasil no programa em 2021.

O Presidente Trump reiterou o apoio dos Estados Unidos ao início do processo de acessão do Brasil à Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) e exorta seus parceiros na OCDE a trabalhar em conjunto com os Estados Unidos para a conclusão desse objetivo, que ajudará o crescimento da economia brasileira e o aumento de sua competitividade.

Os dois líderes registraram que suas equipes estão finalizando outras áreas de cooperação bilateral, inclusive a colaboração em pesquisa e desenvolvimento militar e a assinatura de um memorando de entendimento no âmbito do programa América Cresce, para estimular o desenvolvimento econômico no hemisfério. Eles também enalteceram outras áreas de cooperação em curso, tais como os setores aeroespacial, de ciência e tecnologia, saúde e inovação.

Os presidentes também discutiram a Iniciativa de Um Trilhão de Árvores, um esforço que visa replantar, evitar degradar e melhor proteger um trilhão de árvores em todo o mundo até 2050, por meio de ações coletivas de todos os setores da sociedade. Os dois líderes também saudaram a assinatura do Plano de Trabalho Brasil-Estados Unidos para Ciência e Tecnologia 2020-2023 como um instrumento fundamental para a pesquisa conjunta e promoção de novas tecnologias.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...