fbpx

Brasil se desliga de acordo pró-aborto da ONU

 


Brasil, Estados Unidos, Hungria, Polônia e mais seis países se desligaram nesta quinta-feira (14) dos compromissos e conclusões da Conferência Internacional sobre População e Desenvolvimento (CIPD25), realizada pela ONU, em Nairóbi, no Quênia, devido divergências nos temas aborto e controle de natalidade.

“Não há um direito internacional ao abordo. Na verdade, as leis internacionais dizem, de forma clara, que todo muno tem direito à vida”, afirmou a chefe da delegação americana, Valerie Huber, ao ler o comunicado também assinado por Belarus, Egito, Senegal, Uganda, Haiti e Santa Lúcia.

No texto, as dez nações rejeitam “referências a documentos internacionais com termos e expressões ambíguas, tais como direitos sexuais e reprodutivos, que não têm um consenso internacional”, pois acreditam estes têm sido utilizados para promover “certas práticas, como o aborto”.

Entre as críticas feitas pelo Brasil, EUA e outros países estão a recusa em apoiar o que consideram “uma educação sexual que não consegue manter os pais envolvidos e promove o aborto como uma forma de planeamento familiar”.

Além disso, há fato de que, principalmente, se fomente o controle de natalidade e não um impulso da mesma, já que as previsões feitas no Cairo, em 1994, não se cumpriram, “com a maioria das regiões do mundo apresentando uma taxa de fertilidade mais baixa que as taxas de substituição” populacional.

Diante disso, os dez países acreditam que as políticas de planejamento familiar deveriam se centrar tanto em conseguir uma gravidez voluntária, como em prevenir a gravidez indesejada, conforme explicou a delegada dos Estados Unidos no encontro.

Os temas destacados na cúpula, muitos que causaram controvérsia envolvem a igualdade de gênero, o direito ao aborto, os direitos sexuais das pessoas com necessidades especiais, o planejamento familiar, a violência machista, entre outros.

A CIPD25, que foi concluída nesta quinta-feira, é organizada pelo Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) e também pelos governos do Quênia e Dinamarca.

Com informações, EFE

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Bruna de Pieri

Jornalista e católica.

17 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Graças a Deus, seguir agenda globalista e a receita do fracasso e doutrinação ideologica, Brasil saindo desse ninho de ratos..

  • Louvado seja Deus!! O nascituro (feto) é uma pessoa, que irá nascer, crescer, com todo o direito à vida. Deus é grande!!!

  • Tudo parte dessa agenda maldita da ONU que tenta descaracterizar a figura importante do homem para o desenvolvimento de uma família sadia. Não há o que se falar sobre aborto, uma vez que concordo plenamente em sua proibição. No quesito igualdade, acredito que nos dias de hoje está havendo um inverso muito perigoso, uma vez que todos os direitos estão somente com as mulheres. Isso proporciona a desintegração da figura do pai, do protetor da família, do homem forte, capaz de proteger seus bens mais valiosos, sua esposa e filhos. Amanhã, não haverão mais homens responsáveis, protetores, mas apenas uma figura sem qualquer importância no meio social, afeminado, irresponsável, sem muita afeição ao compromisso. A sociedade planta e em breve colherá seu próprio veneno. Isso já começou na Europa. Vejamos o que vai acontecer.

  • Muito bom!!! Foi pra isso que elegi Bolsonaro!

    Chega de Esquerdismo! Essa doença global já foi longe demais! Até o Putin anda dando declarações públicas contra essas práticas absurdas que os esquerdistas gostam de promover em nome do ‘progressismo’ utópico deles!

    Sugiro uma correção ai no texto, na 2a linha no 2o parágrafo a palavra ‘mundo’ saiu cortada. Saiu muno.

  • Os “globalistas” não deixarão isso assim!
    O Brasil está saindo da agenda e não vão aceitar, podem escrever aí!

    Será uma enorme PRESSÃO.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...