fbpx

Brasil torna-se o maior mercado para Heineken em todo o mundo, mostra relatório

 


O reinado da Ambev no mercado brasileiro pode estar acabando, sendo dominado pela Heineken. A holandesa vem ganhando tanta preferência por aqui nos últimos tempos, que o Brasil tornou-se o maior mercado do mundo para a marca.

A informação foi divulgada ontem em relatório da Heineken. De acordo com os dados, o Brasil é o maior mercado em todo o mundo e, com a adição do Reino Unido e da Nigéria, atualmente 12 mercados vendem mais de 1 milhão de hectolitros da marca. Um hectolitro corresponde a 100 litros. (clique aqui para acessar o relatório)

O volume consolidado cresceu 3,1% organicamente durante todo o ano de 2019. Já o quarto trimestre foi encerrado com crescimento de 4,1%, impulsionado pelo aumento de “double-digit” (acima de 10%) no Brasil, Vietnã e Camboja.

De acordo com o site Poder360, a fabricante holandesa superou as expectativas e reportou crescimento de 13% no lucro líquido de 2019, o equivalente a € 2,16 bilhões (equivalente a R$ 10,2 bilhões), na comparação com o ano anterior.

“O lucro operacional da empresa cresceu 16,4%, para € 3,63 bilhões (R$ 17,2 bi). É o melhor desempenho da empresa em mais de 10 anos”, diz a reportagem.

Presidente do Conselho Executivo e CEO da empresa, Jean-François van Boxmeer comentou que o crescimento da marca Heineken acelerou para 8,3% em mais de 40 países e agora está disponível em 57 mercados. Um dia antes de os resultados serem divulgados, a empresa anunciou que Boxmeer deixará o posto de presidente após 15 anos.

A Ambev divulgará seu resultado referente ao quarto trimestre do ano passado no dia 27 de fevereiro.

(Com informações, Poder360)

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Bruna de Pieri

Jornalista e católica.

3 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Enquanto isso o Magnata fica investindo seu lucro em projetos contra o interesse da grande nação Brasileira. Espero que ele reveja sua postura e financiamento, ou será mal visto. E sou um grande apreciador da cerveja, mas se o cara tumultuar eu arrumo outra preferida rapidinho.

  • O brasileiro médio está querendo produtos de melhor qualidade. Melhor pra Heineken que cresce. A Ambev resta melhorar seus produtos. A concorrência é sempre boa.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...