Calem a boca de quem critica o que nunca leu



“Nem o governo soviético lançou tantos ataques simultâneos a qualquer escritor dissidente”, diz Olavo

O Brasil é a terra da inveja em forma de crítica, na melhor das hipóteses. Ninguém fez, ninguém faz e ninguém fará nada, mas se alguém resolver virar um bom presidente, criar um meio de comunicação sério e dar um curso de filosofia cujos frutos são brilhantes e notáveis, uma corja de difamadores se levanta pedindo a cabeça de todos os que ousaram fazer o bem pelo país.

Quando essa corja não pede a cabeça dos bons – acreditando em um ótimo etéreo ou mesmo inexistente -, faz de tudo para que nenhum dos bons possa fazer algo que beneficiará a população. A alegação é sempre a mesma: Não são divinos. Para essa trupe criminosa a ausência de divindade é um pecado gravíssimo que precisa ser expurgado. Afinal, onde já se viu fazer coisas boas e até excelentes, não é?

A mídia está tentando fazer com o Prof. Olavo de Carvalho o que ela fez com Carlos Lacerda, Gustavo Corção e com o próprio Olavo: tornar a quantidade uma qualidade. Multiplicar o número de críticas vazias a fim de que essas críticas jamais possam ser respondidas uma a uma, devido ao volume de difamações.

Disse o filósofo em suas redes sociais:

Com tempo e calma, posso derrubar, uma a uma, todas as cretinices e invencionices que circulam a meu respeito. POR ISSO MESMO elas são postas em circulação TODAS AO MESMO TEMPO E EM QUANTIDADE INABARCÁVEL. Num confronto um a um, o analfabetismo funcional é a maior das fraquezas, mas, multiplicado pelo número de vozes numa gritaria infernal, ele cria uma barreira de malentendidos que nunca mais pode ser desfeita.

Ele também lembra que nem mesmo o governo genocida dos soviéticos atacou tanto a honra de um único pensador como fazem com ele:

Nunca, na história dos debates universais, se mobilizou tamanha máquina de assassinato de reputação contra um autor isolado, desprovido de qualquer cargo no governo ou patrocínio oficial (ou privado). Nem o governo soviético lançou tantos ataques simultâneos a qualquer escritor dissidente. O Brasil tem a glória de ser, até o momento, o campeão das lutas de UM MILHÃO CONTRA UM.

Cansado de falar com incapazes, pessoas que jamais leram suas obras, acrescentou:

Um repórter da New Yorker quer me entrevistar. Mandei responder que só aceito se ele ler primeiro os meus livros sobre Aristóteles, Descartes, Maquiavel, além de “O Jardim das Aflições”, de “A Filosofia e seu Inverso” e do debate com o Duguin — praticamente TUDO o que a mídia, ao falar de mim, esconde sob o tapete e substitui por versões idiotas de algumas opiniões soltas.

O objetivo dessa caça às bruxas singular toda voltado ao filósofo é uma estratégia comunista já conhecida. Buscam deslegitimar a autoridade intelectual do homem mais influente do governo com o intuito de derrubar o próprio governo, dado que nenhum governo permanece de pé se suas propostas se tornam ridículas.

Cabe salientar que nenhum pensador ou jornalista consegue ou conseguirá ridicularizar as obras do Prof. Olavo de Carvalho, mas a narrativa entregue para uma população com mais de 75% de analfabetos funcionais pode e terá efeito. Se os que conhecem sua obra não saírem em defesa do professor, quem perde é o governo, ou melhor, o Brasil, pois ele mesmo não tem nada a perder: seus cursos continuarão batendo os recordes de alunos e todo livro lançado será um best-seller.

Urge sairmos em defesa daquele que nos deu esperanças e nos mostrou o caminho da sabedoria.

Sobre o Colunista

Allan Dos Santos

Allan Dos Santos

Pai, empresário, jornalista e apresentador do Boletim da Manhã no canal Terça Livre TV.

12 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Sócrates, o fundador da Filosofia, também foi alvo de ataques semelhantes. Ao fim, foi morto. Como não podem assassinar Olavo, apelam para o assassinato de sua reputação, por meio de uma avalanche de pseudo-críticas, isto é, críticas vazias, próprias de quem não conhece o autor que se dispõe a criticar. Como criticar sem conhecer o objeto da crítica?

  • Me admira muito ainda os próprios ministros indicados, o próprio Bolsonaro ainda não terem se manifestado. Quero crer que ainda irão faze-lo.

  • Leio Olavo de Carvalho há mais de 20 anos. Me lembro como se fosse ontem quando li sobre O Imbecil Coletivo, acho que em 1996, no “Diário da Corte” (Paulo Francis): “ele será boicotado, exijam de seus livreiros”. Desde então, me mudei de país duas vezes, em 1998 e 200, sempre acompanhando absolutamente TUDO que ele escrevia no seu site. Li “O Jardim das Aflições”, grifando praticamente todo o livro, e entendi que estava diante de um GÊNIO incomparável, que há muito o Brasil não tinha. Quando “Lula-lá” bombava com sus 98% de “Bom ou Ótimo”, eu imprimia os textos do Olavo para “ler escondido no banheiro” e entregava para todo mundo ignorar. Tenho até hoje CAIXAS e mais caixas dos mais variados textos impressos desde 1999. Que o Felipe Moura Brasil juntou e editou brilhantemente em “O MÍNIMO”, que comprei e distribuí a rodo, como pérolas aos porcos. Aliás, obrigado Felipe, só quem já leu tudo daquele site sabe o trabalho FENOMENAL que você fez. Por algum motivo só no ano passado me matriculei no COF, e mesmo tendo assistido a apenas 4 aulas, percebi quanto tempo eu havia perdido. Os cães ladram, a caravana passa, e ninguém pode esperar que o Olavo perca seu tempo e energia latindo de volta para essa matilha. Obrigado Olavo, o seu trabalho está mais do que bem feito, e é o que ficará para as próximas gerações e a história, que Deus te abençoe!

  • בס”ד
    ave magister
    como cada vez menos ouco a grande midia e cada vez mais escuto o professor Olavo, sofrocada vez menos e me deleito cada vez mais

  • A grande mídia perdeu a guerra faz tempo. Todo lugar que eu vou vejo conversas sobre o quanto a grande imprensa é tendenciosa. Perderam a credibilidade. E a mídia alternativa prevalece com o Olavo de Carvalho, Allan dos Santos e muitos outros corajosos e decentes

  • Pois é, estava aqui pensando em todos esses posts sem noção e raivosamente histéricos, e entendi o significado exato das palavras “Formadores de Opinião” e o poder que eles tem.

    Esses seres iluminados e Oniscientes conseguiram ter o poder de através de sua opinião, definir o que é certo e errado para seus fiéis.
    Seus seguidores e apoiadores não precisam mais pensar, apenas dizer sim senhor e defendê-los com o sacrifício da própria vida ou reputação.

    Por isso existe um ditado que diz: “Pensar é o trabalho mais pesado que existe, por isso poucos se dedicam a ele”.

    Bem apropriado esse pensamento para esse contexto.

    Pequenas coisas afetam pequenas mentes…

    Pátria Amada Brasil!

  • Vcs acham que só a China Malvadona vigia seus cidadãos, e espiona o mundo? Ledo engano.

    USA, Emirados onde vivi, todas as grandes potencias do mundo fazem isso diuturnamente, e o Brasil no futuro tb o fará, qd ascender ao patamar de países desenvolvidos. Essa necessidade vem no pacote.
    Existe espionagem vinda de muitos países do mundo, não só da China, e eles já estão instalados aqui. Não sejamos ingênuos…

    Para um país subdesenvolvido como Brasil, o sistema de Reconhecimento Fácial pode parecer um bicho de 7 cabeças e suscitar esse tipo de reação absurda, HISTÉRICA, corroborado com uma teoria da conspiração.
    No mundo Desenvolvido isso já é real e invejável.

    Trabalhava em uma base militar e morei 8 anos nos Emirados Árabes, que tem um dos sistemas de monitoramento mais sofisticado do mundo, e sei que um Coronel Brasileiro foi um dos responsáveis em analisar e sugerir e instalar o sistema, que inclusive é composto por esse de leitura facial.

    A comissão que lá foi, não tem poder de decisão ou de COMPRAR NADA; Foram apenas para conhecer o sistema.
    Quem decide é o governo e seus especialistas de segurança.

    Temos gente com muito mais conhecimento e competência técnica dq o Olavo, para analisar e decidir o que é bom ou não para o país neste setor. Cada um no seu quadrado.

    Por isso insisto que o Olavo foi intempestivo e inconsequente quando fez esse tipo de post com acusações infundadas.

    ASSISTA E ENTENDA.

    https://www.youtube.com/watch?v=Pd5sJUXIi4M

  • Luiz Rocha
    19 de janeiro de 2019 às 21:05

    PARABÉNS POR NÃO SE PERMITIR SER MANADA DE NINGUÉM!

    Parabéns pelo domínio próprio!
    Parabéns por pensar por si mesmo!

    ———-+———

    Tudo e Todos podem ser QUESTIONADOS, até porque não são/somos perfeitos!

    Os que julgam [na forma que julgam] também são/serão julgados. É SANTA lei!!!!

    Não deveríamos ser iguais à esquerda! A continuar nesse nível seremos bem piores.

    Falar em “HONRA” é até piada em uma manada que atira indiscriminadamente com uma fúria cega em tudo e todos.

    O nível desceu a xingamentos inomináveis a ponto de se fazerem irreconhecíveis como Cristãos.

    Estão construindo um novo bezerro de ouro e se pondo de joelhos, transformando um mortal pobre e necessitado dos frutos do Espírito em semideus.

    Quem ousar questionar qualquer coisa de seus bezerros de ouro, semideuses é cristã-mente atacado, linchando por frases e termos infernais na ordem do dia.

    Salvo o senhor Sepúlveda que ainda parece ser, até aqui, mais fiel à sua Fé do que a semideuses fabricados por homens intocáveis, sem domínio próprio – apesar dos “cabelos brancos”-, o restante reage ao toque do berrante. Reunindo a manada em ódio irreconhecível e incompatível ao emprego de termos como Cristandade, HONRA, Educação e Ensino.

    Todos prestarão contas ao único digno de toda HONRA e Louvor.
    Nesse dia, os corações serão desnudados e revelarão as reais intenções.

    Antes de sermos jornalistas, políticos, intelectuais, pais, mães, semideuses, intocáveis de direita, deveríamos ser SERVOS DE DEUS. Com um comportamento condigno à ordem para qual fomos chamados.

    Eu não tenho semideuses intocáveis de direita de estimação!

    O exemplo bíblico é justamente ao contrário: a quem mais é dado, mais será cobrado.

    ➡️A quem mais é dado deve SER e DAR o exemplo!

    É mais fácil um analfabeto passar no fundo de uma agulha do que intelectuais semideuses intocáveis entrarem no Reino dos Céus!

    Contudo, aos demais está escrito:
    “As prostitutas lhes antecederão [na honra] da entrada.”

    Cada um questione sua consciência!, pois no julgamento não haverá comportamento de manada. Será individual, pessoal e intransferível.

    Agora voltemos a nos tratar cristã-mente de imbecis, semianalfabetos, idiotas e tantos outros termos inomináveis a quem não adorar o bezerrão de ouro de nosso tempo!

    —-FIM—-

  • Luiz Rocha e Marcel, na minha modesta opinião Olavo de Carvalho criticou não o sistema de reconhecimento facial, mas a “negociação” desse sistema com uma empresa pertencente à China. Abro estas aspas devido aos interlocutores brasileiros com a China serem deputados e senadora recém eleitos pelo PSL, os quais, sim, agiram como analfabetos funcionais, na melhor das hipóteses.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...