fbpx

Câmara aprova em 1º turno PEC que cria polícias penais

Cassio Cunha Lima
 


Agência Brasil

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou na noite desta quarta-feira (9/10), em primeiro turno, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 372/17, que polícias penais federal, estaduais e distrital, transformando as carreiras de agentes penitenciários.

A proposta acrescenta essas polícias dentro dos sistemas de segurança pública tendo como competência a segurança de estabelecimentos penais e a escolta de presos. A intenção do texto, de autoria do senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) é liberar policiais civis e militares das atividades de guarda e escolta dos detentos.

A PEC retorna à Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Casa para que seja elaborada a redação do texto para a votação em segundo turno.

Após a votação, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), encerrou a sessão.

Sobre o Colunista

Ricardo Roveran

Ricardo Roveran

Estudante de artes, filosofia e ciências. Jornalista, crítico de arte e escritor. Escrevo por amor e nas horas vagas salvo o mundo.

Twitter: @RicardoRoveran

1 Comentário

Clique aqui para comentar

  • Este projeto parece ser algo muito bom e uma verdadeira ‘transformação’ na realidade Penitenciária do Brasil.

    Afinal essa classe profissional era mal vista por falta de expressividade social e da ignorância do grande publico acerca desta profissão apesar de sua importância crucial para toda a sociedade brasileira.

    Agora como Policiais Penais terão melhor reputação, e já estarão vinculados e melhor auxiliados por todo o aparato governamental que gozam os Policiais.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...