fbpx

Câmara conclui votação sobre uso obrigatório de máscara

avenida_paulista_durante_a_pandemia_de_covid
 


Texto segue para análise do Senado

O plenário da Câmara dos Deputados concluiu há pouco a análise do projeto que determina o uso de máscaras em locais públicos e privados enquanto durar a emergência em saúde pública provocada pela pandemia de covid-19. A matéria segue para análise do Senado.

Em um destaque aprovado, parlamentares definiram que a multa pelo descumprimento da regra será definida por estados e municípios. O substitutivo do deputado Gil Cutrim (PDT-MA) aprovado na tarde desta terça-feira (19/5) previa multa de R$ 300 para quem não usasse a máscara. Em caso de reincidência, a multa seria aplicada em dobro.

O projeto estabelece o uso da máscara em ruas, instalações, prédios ou áreas de acesso público. O equipamento de proteção poderá ser produzido artesanalmente, seguindo recomendações técnicas e fundamentadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Os parlamentares acrescentaram um dispositivo que obriga o uso de máscaras para trabalhadores dos estabelecimentos prisionais e de cumprimento de medidas socioeducativas. O objetivo é garantir que estes funcionários também tenham direito de receber as máscaras do Poder Público.

Informações: Agência Brasil

Sobre o Colunista

Ricardo Roveran

Ricardo Roveran

Estudante de artes, filosofia e ciências. Jornalista, crítico de arte e escritor. Escrevo por amor e nas horas vagas salvo o mundo.

Twitter: @RicardoRoveran

5 Comentários

Clique aqui para comentar

  • O que os deputados da base aliada estavam fazendo que não chamaram O povo nas redes para pressionar os deputados? Isso só vai servir pra eles elegerem um padrão de máscara e também uma empresa amiguinha que fará essas máscaras para lucrar como os exames do Detran. Agora é hora de partir pra cima dos senadores exigir a não aprovação disso, uma vez que não existe NENHUMA EVIDÊNCIA de que funcione, pelo contrário, nos obriga a respirar gás carbônico

  • Prescrever mascara pode prescrever ou distribuir o medicamento que cura é e mais barato que a mascara não pode. Por que ninguém foi a tribuna e questionou isso? Outra pergunta se o município / estado esta quebrado quem é que ira fornecer as mascaras para os vulneráveis que na minha visão acaba sendo toda a população frente ao estado com esta mão pesada e peluda?

  • Tudo começa assim, obrigatoriedade do uso de máscaras em locais públicos, em seguida nos condomínios e residências , logo ali estaremos sendo presos dentro de casa por sermos de direita com a alegação de estarmos sem máscara. Ninguém fala sobre a eficácia do uso ou se é eficaz, porque fecharem os comércios? Não dá mais, precisamos urgente de uma solução contra o vírus político.

  • Ditadores de merda. Quer dizer que agora se eu quero ir numa praça sou obrigado a usar uma máscara, daqui a pouco serei obrigado a usar capacete para fazer caminhada.
    O Brasil literalmente está se tornando uma Venezuela e muitos estão APLAUDINDO, isso me assusta.

  • Esse é o “novo kit de primeiros socorros”, ou ninguém percebeu isso? Quem lembra quando o detran exigiu que TODOS corressem comprar uma boceta que vinha com uma tesourinha, um esparadrapo e uma gaze, se muito, e que, tão logo venderam a produção e arrecadaram o dinheiro que queriam, foi anulada?
    .
    Ou mesmo o caso do “extintor de incêndio tipo C” que assim como o kit, tão logo desovaram o estoque, também foi suspenso?
    .
    Caímos no mesmo truque mais do que uma vez, bastando para tanto apenas mudar de figura.
    .
    O que quero dizer no fim das contas é que, além de cair no mesmo truque – embora com pequena variação – é que, assim como naqueles dois casos, nesse, também, o objeto cujo uso e aquisição passará a ser exigido por lei, sob pena de multa, não passa de uma inutilidade completa…
    Ou quase completa, admitamos. Ela serve ao menos para algo: para que qualquer um possa prontamente o identificar como um medroso e covarde, pronto a obedecer…

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...