fbpx

Câmara e Senado devem votar em urgência PL que proíbe taxação de Energia Solar, diz Bolsonaro

 


“No que depender de nós, não haverá taxação da energia solar”, afirmou o presidente Jair Bolsonaro neste domingo (5).

A proposta de alteração na Resolução Normativa (REN) 482 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) prevê a taxação da geração distribuída em até 60%.

O presidente,no entanto, enfatizou que quem decide a questão é a ANEEL. “É uma agencia autônoma. Não tenho qualquer gerência sobre eles. Nós do governo não discutiremos mais este assunto. A taxação da energia solar no que depender do presidente Jair Bolsonaro e seus ministros, é não”, afirmou.

Já nesta segunda-feira (6) Bolsonaro comunicou que conversou com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre, que colocarão em votação, sob regime de urgência, um Projeto de Lei proibindo a taxação da energia solar.

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Bruna de Pieri

Jornalista e católica.

2 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Não é taxação, é a redução de um subsídio aos que possuem grana para instalar célula fotovoltaica residencial.

  • Sr. Marcio. Qualquer cidadão que paga 200,00 na conta de luz, pode parcelar em financiamento e pagar o mesmo valor por 5 anos. Não precisa ser rico para ter o sistema. As financiadora não exige garantia extra nem avalista.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...