Cinco mortos durante atentado em igreja católica de Campinas

 


Um terrorista invadiu a Catedral Metropolitana, no centro de Campinas, na tarde desta terça-feira (11) e matou quatro pessoas. A informação foi confirmada pela Polícia Militar de Campinas.

Pânico em Campinas após atentado.

Segundo a PM, às 13h25, o assassino entrou na catedral atirando contra os católicos e, na sequência, cometeu suicídio. A polícia, unidades do Samu e dos Bombeiros se deslocaram para o local.

Testemunhas do atentado disseram que o homem parecia estar em surto e que chegou atirando. As autoridades recolheram um revólver calibre 38 e uma pistola usados pelo criminoso, que ainda não teve o nome divulgado.

Vítimas sendo socorridas na porta da catedral.

O estado de saúde das pessoas que ficaram feridas ainda não foi divulgado.

Sobre o Colunista

Fernanda Salles

Fernanda Salles

Jornalista/Repórter

17 Comentários

Clique aqui para comentar

  • A Grande Mídia imunda e esquerdista vai culpar as armas com certeza, quando na verdade um civil se estivesse também armado poderia ter evitado o atentado.
    Rezemos pelas almas dos Mártires que morream no exercício da Fé…

  • Assustador!

    Algo que nunca aconteceu no Brasil, um ato terrorista dessa magnitude. Nem mesmo os terroristas de esquerda dos anos 60, fizeram tal atrocidade.

    Espero em Deus que, isso não seja um precedente para tamanho ato insano.

  • Um atentado terrorista e explicitamente de motivação religiosa. Em menos de um mês é o segundo ataque a Cristãos no Brasil.

  • Quem causa terror é o quê?
    Agora é saber a motivação do atentado; é atentado porque atentou contra vidas humanas;
    Crimes como estes já começam a ser testemunhados com mais frequência aqui no Brasil;
    Que Deus tenha misericórdia das famílias enlutadas.

  • Desconfio muito dessa faculdade de Filoslfia ou Sociologia da Unicamp..antros de comunistinhas perdidos na vida (Quartim de Moraes),que perderam a bussola com a vitoria do Bolsonaro..e querem se “vingar” …quem sabe um filhinho de papai com muita coca na cabeca..aluninho desses desses cubanos infiltrados

  • Aos revoltados com o fato de a Fernanda Salles ter chamado o sujeito de terrorista, fica a pergunta: quem entra em um ambiente matando várias pessoas é o quê, hein!? Vocês estão acostumados com o jargão metonímico da grande mídia.

  • A única coisa que sabemos sobre as motivações é que se ele escolheu uma missa e uma catedral católica para massacrar, é porque tem algo especificamente contra católicos. Pode ser um ex-católico, um ateu militante, um esquerdista, um muçulmano, um evangélico fanático, todas as possibilidade estão em aberto.

  • A ignorância de algumas pessoas nesses comentários é algo lamentável e penoso. Não conseguem diferenciar uma barbaridade como essa de um posicionamento estúpido de uma política que sequer sabem o que é. Tudo é “esquerdista” – ôh animal, a Guerra Fria acabou – mas vamos lá, de fato existe uma chance de ser alguém insatisfeito com a vitória de Bolsonaro, mas pq contra uma Catedral Católica se o pivô religioso pra vitória foram os evangélicos? O comentário do Dr. X é o mais coerente: “Pode ser um ex-católico, um ateu militante, um esquerdista, um muçulmano, um evangélico fanático, todas as possibilidade estão em aberto.” Só discordo do “esquerdista”, os que tem coragem de pegar em arma geralmente são católicos da teologia da libertação, o resto é esquerda caviar, acho que não conseguem sequer pegar em uma arma.

  • “Só discordo do “esquerdista””. É perfeitamente plausível que seja um esquerdista também, não exclua seu grupixo das possibilidades. “os que tem coragem de pegar em arma geralmente são católicos da teologia da libertação” Tu criticou a imbecilidade dos outros e acabou sendo tão imbecil quanto. É melhor deixar as investigações andarem para depois falar alguma coisa.

  • Caro Petrus,
    É verdade,…, os esquerdistas são de uma covardia diferente: dão facadas, empurram alguém de cabeça contra um caminhão, matam atirando com rojões, torturam a pauladas ou então derrubam aviões matando o que queriam e todos os outros que estavam no voo.

  • Somente algumas correções sobre o evento ocorrido em MINHA PARÓQUIA. Ele não chegou atirando. Entrou calmamente na igreja, sentou-se e participou da missa, após o final da missa…uns 10 minutos mais ou menos ele se levantou e começou a atirar aleatoriamente. Ao ser atingido por um policial, ele cai aos pés do altar dedicado ao Sagrado Coração de Jesus e comete suicídio. Segundo familiares ele apresentava transtorno depressivo e já havia feito B.O´s, pois ESTAVAM-NO PERSEGUINDO. Era de família católica. Seu pai era extremamente atuante em sua comunidade. Sua mãe faleceu em 2010 e desde então ele começou a apresentar comportamentos anti-sociáveis. Segundo informações da família, ele fazia acompanhamento psiquiátrico mas não se sabe por qual motivo não havia aderido ao tratamento. Hoje tivemos uma missa de reparação e sufrágio pelas almas com rito próprio de desagravo, uma vez que o Templo do Altíssimo foi violado.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...