BrasilEconomiaNotíciasPolítica

Coordenador econômico de Bolsonaro terá carta branca na formação de equipe

Paulo Guedes, coordenador econômico da campanha de Jair Bolsonaro, relata que terá total liberdade para montagem de sua equipe caso se torne o titular da pasta da Fazenda, podendo até mesmo manter alguns integrantes da atual equipe econômica de Temer. “Ele (Bolsonaro) fala que é porteira fechada e não vai ter nenhuma indicação política”, diz Guedes. PhD pela Universidade de Chicago, o coordenador econômico de Bolsonaro ressalta que o programa do pré-candidato é estruturado em reformas fiscais, como a da Previdência, além de defender um aprofundamento da reforma trabalhista, com a substituição do sistema atual de encargos baseado na folha salarial, impulsionando a contratação de novos postos de trabalho.

Tags
Ver mais

Artigos relacionados

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close