Corte de vagas de trabalho cresce 600% nos sindicatos após fim de imposto



Segundo dados da Folha de São Paulo, a diminuição de postos de trabalho com carteira assinada em sindicatos alargou 600% após o fim do imposto sindical obrigatório.

Desde que a reforma trabalhista foi aprovada, sucedeu o encolhimento de 3.140 vagas formais nessas entidades.

“De certa maneira, a reforma trabalhista traz elementos que revelam o enfraquecimento financeiro dos sindicatos”, afirmou Bruno Ottoni, pesquisador do Ibre/FGV e da consultoria IDados.

Por: Raul Holderf Nascimento
Link Original da Matéria

Sobre o Colunista

Redação TL

Redação TL

4 Comentários

Clique aqui para comentar

Blog Authors

Guilherme Galvão VillaniGuilherme Galvão Villani

Mariliense. Gosto pela Administração, Contabilidade e Finanças. Atu...

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...