Covid-19: Preços do petróleo caem mais 6% após Trump suspender viagens

Donald Trump


Os preços do petróleo caíam fortemente nesta quinta-feira (12), após as restrições a viagens impostas pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em uma tentativa de frear a disseminação do coronavírus.

A queda nos preços também é influenciada por uma inundação de oferta barata no mercado após a Arábia Saudita e os Emirados Árabes Unidos terem afirmado que elevarão a produção em meio a uma disputa com a Rússia.

O petróleo Brent recuava 2,48 dólar, ou 6,93%, a 33,31 dólares por barril, às 8:18 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos caía 2,05 dólar, ou 6,22%, a 30,93 dólares por barril.

Os dois contratos de referência do petróleo caíram cerca de 50% desde máximas tocadas em janeiro. Eles tiveram a maior queda percentual diária desde 1991, com a Guerra do Golfo, na segunda-feira, após a Arábia Saudita ter iniciado a guerra de preços. (Com Reuters)

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...