BrasilNotícias

Cristiane Brasil é alvo da PF em esquema que envolvia registros de sindicatos

Cristiane Brasil é alvo da PF em esquema que envolvia registros de sindicatos

A deputada federal Cristiane Brasil (PTB) foi o alvo da segunda fase da Operação Registro Espúrio, deflagrada nesta terça-feira, dia 12. A Polícia Federal investiga uma organização criminosa que teria cometido fraudes na concessão de registros de sindicatos pelo Ministério do Trabalho.

Brasil afirmou à imprensa estar surpresa com a ação da Polícia Federal, pois não tem papel nas decisões tomadas pela pasta. Todavia, segundo a PF, o nome da parlamentar apareceu nas investigações após a primeira fase, quando Cristiane Brasil foi citada por um funcionário do Ministério do Trabalho, Renato Araújo em uma conversa de aplicativo.

Araújo foi detido na primeira etapa da operação. Ele era o responsável por controlar a aprovação dos registros sindicais. A ação foi deflagrada no dia 30 de maio e teve como alvos os também deputados federais Paulinho da Força (SD), Jovair Arantes (PTB) e Wilson Filho (PTB), além do presidente do PTB, Roberto Jefferson, que é pai de Cristiane Brasil. Outros nomes de também foram apontados.

A PF aponta o pagamento de vantagens indevidas para se obter os registros da entidades sindicais no Ministério. Basicamente, as entidades dependiam de um padrinho político para conseguirem existir oficialmente. Segundo a investigação, a apuração aponta para um imenso esquema de corrupção envolvendo dirigentes de centrais sindicais, parlamentares, lobistas, advogados e servidores públicos.

Brasil quase chega ao comando do Ministério do Trabalho. Ela era a indicada pelo presidente Michel Temer (MDB) e chegou a ser nomeada, mas uma ação na Justiça, por conta de uma indenização trabalhista, acabou por impedir sua chegada ao cargo um dia antes da posse.

Tags
Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close