fbpx

Ditadura cubana anuncia oficialmente saída do programa “Mais Médicos”

 


A ditadura de Cuba confirmou que irá deixar o programa Mais Médicos. A decisão foi anunciada depois de o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), ter dito que pretende humanizar o acordo que havia sido feito com o governo do PT. Em resposta, Cuba chamou os novos termos do governo brasileiro de “declarações ameaçadoras e depreciativas”.

Presidente brasileiro explica as novas condições do programa.

“Além de explorar seus cidadãos ao não pagar integralmente os salários dos profissionais, a ditadura cubana demonstra grande irresponsabilidade ao desconsiderar os impactos negativos na vida e na saúde dos brasileiros e na integridade dos cubanos”, afirmou o presidente em seu twitter.

“Em torno de 70% do salário desses médicos é confiscado para a ditadura cubana e outra coisa, que é um desrespeito com quem recebe o tratamento por parte desses cubanos, não temos qualquer comprovação que eles sejam realmente médicos e estejam aptos a desempenhar a sua função. Agora, a decisão de suspender isso, foi unilateral por parte do governo, governo não, da ditadura cubana. Eu jamais faria um acordo com Cuba nesses termos, isso é trabalho escravo”, disse Bolsonaro.

O sucessor do ditador Raúl Castro, Miguel Díaz-Canel, comentou a decisão em seu twitter.

“Com dignidade, profunda sensibilidade, profissionalismo, entrega e altruísmo, os “colaboradores” cubanos prestaram um valioso serviço ao povo do Brasil. Atitudes com tal dimensão humana devem ser respeitadas e defendidas”, postou.

O Ministério da Saúde informou que fará um edital de convocação para médicos interessados nas vagas deixadas pelos cubanos. A prioridade será para candidatos brasileiros formados no Brasil e, depois, os formados no exterior.

Sobre o Colunista

Fernanda Salles

Fernanda Salles

Jornalista/Repórter

8 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Oh, mt dignidade, garanto q teve caso do governo coagir o médico cubano no nosso território ameaçando matar os familiares em Cuba.
    Um passo à dignidade maior q este seria se Bolsonaro perguntasse publicamente aos cubanos aqui, se gostariam de asilo, com certeza os q trabalham acerca da acoamento de seus familiares negariam, mas outros gostariam mt de fugir da ditadura cubana

  • Conhece um médico brasileiro? Pergunte pra ele o que ele achou da decisão! kakakakikikiki E nem posse o cara tomou ainda… 2019 será O ano! \o/

  • Médicos brasileiros são atenciosos, sim, e elegantes para com pacientes.

    Sou paciente há 10 anos, de um médico e equipe abnegados, aliás, eu acompanho-o, já que galgou outros cargos importantes na Medicina, atua no SUS, Hospitais conceituados, com a minha confiança, e remédios corretos, ainda a vida me sorri…
    A saúde não é mercadoria…

  • A imprensa marrom está jogando na conta de Bolsonaro esta decisão de Cuba em retirar seus “médicos”. Na realidade ao longo de décadas o regime cubano vem fazendo uso do empréstimo de mão-de-obra técnica, paramédica, porém “vendida” como médica, para dezenas de países a um custo bilionário que fica todo com o regime cubano. Cuba possui um dos maiores índices de médicos por habitante do planeta. E isso permitiu outra coisa ao regime cubano: Usar esses “feldsher” como agentes de propaganda de sua revolução e seus interesses. Não esqueçamos que 70% do rendimento vai para o governo cubano.

  • O que ninguém quer perceber é que o REINO, IMPÉRIO, ESTADO ou lá o nome que uma ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA se conceda, mantendo-se EXPLORANDO ou EXTORQUINDO populações absolutamnente ou moderadamente ESCRAVIZADAS, é que o objetivo dos que vivem do PODER de EXPROPRIAR os frutos do trabalho alheio é exatamente manter esta exploração e o dominio sobre as populaçãoes.

    Quando a URSS desabou logo após o Leste Europeu desabar, TODOS os GOVERNOS e GRANDES EMPRESAS se dedicaram a AJUDAR e MAQUIAR a putrefata URSS.

    Quem se lembra dos carros sovieticos no brasil?
    Sim, até o brasil teve que dar sua contribuição cedendo a URSS de sabonetes a comida. Em troca a URSS exportava seus calhambeques NIVA, SAMARA e mais um ou dois.

    A FIAT foi uma das empresas que socorreram a velha URSS. Como os veículos eram porcarias inaceitáveis a FIAT se encarregou de melhorias estéticas e funcionais facilmente percebidas: os NIVAS, SAMARA e que tais tinham no seu interior as exatas mesmas peças que equipavam os carros FIAT.

    O mundo passou a ajudar a URSS a fim de que a podridão não ficasse exposta ao mundo. Afinal o Socialismo era e é a IDEOLOGIA de suporte do PODER ESTATAL.
    Se as favelas soviéticas, o atraso tecnológico para o público, a pobreza os CONDOMÍNIOS luxuosos da NOMEMCLATURA com suas lojas e shoppings, especiais, PRIVADOS para a alta hierarquia.

    – “Nomenklatura (palavra russa derivada do latim) era como se designava a “burocracia”, ou “casta dirigente” da União Soviética.[1] Ela incluía altos funcionários do Partido Comunista da União Soviética e trabalhadores com cargos técnicos, ARTISTAS e outras PESSOAS que gozavam da SIMPATIA do PARTIDO Comunista. Na verdade, os membros da “nomenklatura” eram, em sua esmagadora maioria, filiados ao Partido Comunista da União Soviética e gozavam de inúmeros privilégios e vantagens inacessíveis para o restante da população do país.”
    .
    Enfim os governos mundiais não poderiam deixar aparecer o lixo que era sua “MECA” ou “Vaticano” e o mundo apressou-se em socorrer a URSS e voltava a ser Russia.

    Em Cuba se dá o mesmo, muitos investimentos de governos e grandes grupos estão sendo direcionados a Cuba a fim de deixar as gerações perderem a memória do que era o FEUDO dos CASTROS.
    Somente após oas melhorias e extinção das gerações que viram o que é o socialismo, é que Cuba poderá escapar da ditadura dos Castros.

    Na URSS existiam, como em Cuba existem, os milionários que tocam grandes empresas. Vivem em condominios e nas praias particulares em suntuosas mansões.

    Aliás ninguém se pergunta como que imediatamente após a queda da URSS surgiram dezenas de GRANDES EMPRESÁRIOS, donos das grandes empresas, inclusive de Petróleo. …NINGUÉM gosta DE REFLETIR sobre questões estranhas. …rsrs

    Na URSS os membros graduados do PC e seus apaniguados, artistas, atletas e cientistas tinham acesso a lojas especiais que vendiam mercadorias importadas e de boa qualidade: só autorizados podiam frequentar estas lojas e shoppings especiais. As tais “Beriozkas” se não me falha a memória.

    Eis aí o igualitarismo socialistas: até lojas especiais para a nomenclatura e seus apadrinhados. O tal de povo, a feiras e as espeluncas com péssimos produtos.

    Alguém acredita que as familias de MADURO e AUTORIDADES VENEZUELANAS FICAM nas FILAS dos MERCADOS??? …Não, eles recebem do melhor que há, as sobras vão para o comércio da população. Os igualitários vivem em outra igualdade especial.

    Crápulas ainda fingem que acreditam em Socialismo.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...