fbpx

Defesa de Lula vai à ONU contra prisão

 


Os advogados do ex-presidente Lula afirmaram nesta sexta (6) que protocolaram, junto ao Comitê de Direitos Humanos das Nações Unidas, uma medida cautelar com pedido de liminar para que o governo brasileiro impeça a prisão do petista até a finalização dos recursos jurídicos. Os advogados alegam que a decisão por margem estreita no STF “demonstra a necessidade de um tribunal independente examinar se a presunção de inocência foi violada no caso de Lula, como também as alegações sobre as condutas tendenciosas do juiz Sérgio Moro e dos desembargadores contra o ex-presidente”. Primeira pergunta da redação: se a margem contra Lula fosse maior, qual seria a alegação? Segunda pergunta da redação: onde fica a soberania nacional, se um organismo “supranacional” interfere em decisões soberanas do Judiciário brasileiro?

Sobre o Colunista

Redação TL

Redação TL

2 Comentários

Clique aqui para comentar

  • ONU? não seria violação da soberania nacional? e por que a ONU teria de se meter com assuntos que só interessam ao povo Brasileiro? Lula, só vai pra cadeia… Que bandido chato. Como podem alegar presunção de inocência de um sujeito que já foi condenado duas vezes com base em inúmeras provas de crimes? até parece que se fazem de desentendidos.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...