fbpx

Depois da rasteira, Ciro Gomes ataca o PT em entrevista

 


O presidenciável Ciro Gomes (PDT) não anda satisfeito com o fato do Partido dos Trabalhadores (PT) não vê-lo como alternativa ao ex-presidente condenado Luiz Inácio Lula da Silva, o Lula (PT). Gomes levou uma rasteira que o tem deixado cada vez mais isolado no campo da esquerda.

Perdeu – como anunciado pelos próprios petistas – a perspectiva de alianças com o PSB, por exemplo. Isso mostra que, no fundo, Gomes via a candidatura de Lula como uma mera narrativa que poderia lhe render frutos também.

Isso influi em tempo de televisão em em palanques para Ciro Gomes pelo país. Em sua mais recente entrevista à GloboNews, o pedetista tocou no tema. Ele se disse “extremamente leal” ao ex-presidente Lula e que ficou surpreso com o tratamento hostil que vem tendo da legenda. Gomes pode se dizer tudo, menos surpreso.

Afinal, a narrativa do PT em relação à candidatura de Lula e a postura da legenda estava na rua desde sempre. O Partido dos Trabalhadores se comprometeu em apoiar os candidatos do PSB em troca de neutralidade da legenda na eleição presidencial. Com isso, Ciro Gomes perde uma alternativa para a construção de chapa com indicação de vice.

O presidenciável que mais parece uma metralhadora ambulante tenta esconder a revolta e o isolamento ao mesmo tempo quem que diz respeitar a decisão os petistas e afirma ter “paciência”. Porém, diz não merecer o tratamento que vem tendo. Ciro Gomes falou até do “preço” que paga por apoiar Lula, que é condenado por corrupção e lavagem de dinheiro.

Agora, Ciro Gomes finge ter enxergado o “radicalismo” do PT, como se isso já não fizesse parte da própria atividade de um movimento revolucionário.

Sobre o Colunista

Redação TL

Redação TL

2 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Pessoal,

    Pra mim isso é outro truque do PT e dos comunistas.
    Veja bem, da mesma forma que utilizam o métodos de dividir para enfraquecer estão claramente utilizando o método de dividir para tumultuar.
    Marina Silva (a fraquinha), Manuela d’Ávila (a feminazi), Ciro (o estourado), Boulos ( o sem terra), todos, todos são representações da figura LULA (Lua o fraquinho, Lula a favor das minorias, Lula guerreiro, Lula do povão), estão usando esse esquema para tentar angariar eleitores de cada tema e, no fim, JUNTAR TUDO NUM BOLO SÓ!

    Essa conversa de briguinha aqui e ali… é só mais um subterfúgio para angariarem mais eleitores!!!!!

    Chega dessa coisa que estão criando!

  • Se for verdade(coisa de que eu duvido,melhor ainda.Esse cara é o mais perigoso adversário de Bolsonaro. Sabe bem encantar a platéia com uma fala pomposa cheia de rodeios mas no fim não quer nada.É um projeto de ditador que não faz muita questão de esconder seu autoritarismo.Deus nos livre desse cara ser presidente!

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...