fbpx

Deputados aliados a Bolsonaro são removidos da CPMI das fake news

 


A deputada Joice Hasselman, atual líder do PSL na Câmara, decidiu tirar deputados aliados ao presidente Jair Bolsonaro da CPMI das fake news.

Filipe Barros (PR) e Caroline de Toni (SC) foram substituídos nesta terça-feira (10) por Júnior Bozzella (PSL-SP) e Nereu Crispim (PSL-RS).

Os suplentes Carla Zambelli (PSL-SP) e Carlos Jordy (PSL-RJ) também deixaram o colegiado. Foram substituídos por Delegado Waldir (PSL-GO) e Heitor Freire (PSL-CE).

De acordo com Eduardo Bolsonaro, o PSL também passou a orientar pela derrubada do veto 56 do presidente. “Ou seja, ela quer triplicar pena de crimes contra honra cometidos na internet”, frisou o deputado.

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Bruna de Pieri

Jornalista e católica.

6 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Joyce, vc. pode tirar todos os deputados favoráveis a Bolsonaro da CPMI, só não vai conseguir tirar o povo brasileiro do seu julgamento em 2022.

  • Joice, quanto mais você tentar prejudicar o povo brasileiro – sim, o povo, não é Bolsonaro que você atinge, somos nós o povo, contra quem você luta – mais ódio você atrairá para sua vida. Aguarde e verá.

  • Jocy elegeu na onda Bolsonaro.. Ela será mais u.a deputada de u. Mandato só.. Faremos questão de lembrar

  • O PSL já se tornou oposição, tal como o PT. Não estão preocupados com o rumo da nação, e sim em derrubar o presidente, custe o que custar. Nas eleições de 2020 e 2022, precisamos eleger conservadores, para que tenhamos mudanças benéficas para o Brasil.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...