A deselegância necessária para responder à mensagem de Maduro

CAR01. CARACAS (VENEZUELA), 30/12/2014.- El presidente venezolano, Nicolás Maduro, habla durante una rueda de prensa sobre el "programa económico de recuperación" para el 2015 del país hoy, martes 30 de diciembre de 2014, en el Palacio de Miraflores de Caracas (Venezuela). EFE/Miguel Gutiérrez


Em mensagem, Maduro diz que venceu as trevas e a tristeza do povo da Venezuela em 2017. Mas, o mundo real e sua deselegância mostra-nos, ao contrário, que Maduro trouxe trevas e tristeza.

Abaixo, uma desagradável, porém real, foto de uma criança venezuelana:

Bebê venezuelano, retrato da cruel situação na qual Maduro deixa seu povo.

A ditadura bolivariana de Maduro passará ainda por uma crise ainda mais sinistra. Em resposta à Venezuela, Brasil decide expulsar principal diplomata do país, assim como fez o Canadá, informou o tabloide O Globo.

Sobre o Colunista

Allan Dos Santos

Allan Dos Santos

Pai, empresário, jornalista e apresentador do Boletim da Manhã no canal Terça Livre TV.

1 Comentário

Clique aqui para comentar

  • Claro que há razões internacionais para não depor esse ditador maldito, mas como ser humano, não aceito e não compreendo quais os motivos que levam as nações do mundo, a não reagirem a essa atrocidade. Eventos desumanos como os atuais existentes na Venezuela, me fazem perder complemente qualquer esperança nas nações que se dizem humanas. Porra, façam alguma coisa, chega de diálogo, promessas. Ajam, ajam imediatamente, parem com essa sangria do povo venezuelano. Derrubem esse monstro!

Blog Authors

Guilherme Galvão VillaniGuilherme Galvão Villani

Mariliense. Gosto pela Administração, Contabilidade e Finanças. Atu...

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...