BrasilNotícias

Dias Toffoli, ex-advogado do PT, concede prisão domiciliar a Paulo Maluf

O ex-advogado do PT, ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal, concedeu nesta quarta-feira (28) prisão domiciliar ao deputado afastado Paulo Maluf (PP-SP).

Maluf está preso desde dezembro no Complexo Penitenciário da Papuda e, nesta quarta (28), foi internado em um hospital em Brasília.

Segundo o G1, a defesa do parlamentar alega saúde frágil e apresentou um pedido de liberdade ou prisão domiciliar ao STF.

Ex-prefeito de São Paulo, Paulo Maluf foi condenado pelo STF em maio do ano passado a 7 anos, 9 meses e 10 dias de prisão em regime fechado pelo crime de lavagem de dinheiro.

Em dezembro, o ministro Edson Fachin determinou o cumprimento da pena, levando Maluf à prisão.

Ainda nessa semana, Toffoli concedeu uma liminar que suspende a inelegibilidade do ex-senador Demóstenes Torres (PTB-GO), permitindo a ele se candidatar nas eleições deste ano, abrindo precedentes para que o ex-presidente Lula, condenado em segunda instância, possa tentar concorrer à presidência em Outubro.

Tags
Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close