Direita e esquerda se enfrentam nas ruas de Chemnitz, na Alemanha

Foto: Reuters


Clima de tensão nas ruas Chemnitz, na Alemanha, nessa segunda-feira (28). Manifestações de esquerda e direita obrigaram uma forte intervenção das autoridades locais.

Centenas de polícias de Leipzig e Dresden reforçaram o contingente policial para manter uma distância de segurança entre os dois grupos antagônicos.

O assassinato de um cidadão alemão por dois terroristas, alegadamente imigrantes da Síria e do Iraque, foi o que motivou os protestos da direita.

Mais de mil manifestantes de extrema-esquerda se juntaram perto de uma estátua gigante de Karl Marx em Chemnitz para protestar contra supostos ataques a estrangeiros que teriam acontecido durante uma manifestação no domingo, após o esfaqueamento do alemão.

Fonte: Euronews

Sobre o Colunista

Fernanda Salles

Fernanda Salles

Jornalista/Repórter

2 Comentários

Clique aqui para comentar

  • A mídia brasileira é podre mesmo em !!.. até a Jovem Pan que é uma das menos piores disse que foi um grupo de extrema esquerda ligado ao faxismo e ao nacionalismo extremo. Ainda disse que a culpa disso é do EUA, porque ele está crescendo muito em detrimento da pobreza dos outros países.

    Parabéns Terça Livre

Colunistas

Guilherme Galvão VillaniGuilherme Galvão Villani

Mariliense. Gosto pela Administração, Contabilidade e Finanças. Atu...

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...