Dono de Lava Jato é imobilizado por guardas ao tentar trabalhar e desmaia no meio da rua em Maringá

 


O dono de um Lava Jato na cidade de Maringá foi cruelmente hostilizado em público pela Guarda Municipal da cidade enquanto tentava trabalhar nesta terça-feira (7).

Vídeo que circula nas redes sociais mostra o homem imobilizado por vários guardas municipais, mesmo sem parecer oferecer resistência alguma.

Após poucos minutos, ele desmaia. Antes de tudo acontecer, o trabalhador teria sido questionado sobre o funcionamento de sua empresa, mas alegou que não estava atendendo.

Conforme relatos de pessoas que estavam no local, os fiscais chegaram pedindo alvará e alegando que devido a decreto da prefeitura, a fiscalização era autorizada.

Como o trabalhador ofereceu certa resistência, a guarda municipal tentou algemá-lo à força.

Nas filmagens, o mais terrível é que, ao mesmo tempo que pessoas gritam inconformadas com a atitude dos guardas, outros cidadãos apoiam a agressão. “Deixa o pau torar [sic]), diz uma voz ao fundo.

Após o desmaio, a equipe médica do Samu foi chamada e levou o homem para o hospital. De acordo com reportagem do Balanço Geral, ele sofreu algumas escoriações e depois de ser atendido, foi à delegacia de polícia para registrar Boletim de Ocorrência.

Em nota à imprensa, o prefeito de Maringá disse que o episódio é “inaceitável sob todos os aspectos”.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...