fbpx

Doria é processado por descumprir seu próprio decreto e aparecer sem máscara em coletiva

 


O governador de São Paulo, João Doria, foi processado por descumprir seu próprio decreto e não usar máscara durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes.

A ação foi movida pela advogada Patrícia Ferreira Bassetto de Castro: “Fere de morte a moralidade o governador mandar a população usar máscara, mas ele próprio não usar” diz Patricia,  que pede a aplicação de multa ao governador, bem como condenação por improbidade administrativa.

Advogada apresenta como prova o vídeo de uma entrevista coletiva concedida por Doria em 11 de maio, no Palácio dos Bandeirantes.

À situação, o governador chegou de máscara, mas a retirou segundos antes de começar a falar ao microfone. O decreto do mandatário passou a valer a partir do dia 4 de maio.

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Bruna de Pieri

Jornalista e católica.

13 Comentários

Clique aqui para comentar

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...