fbpx

Douglas Garcia e Gil Diniz são afastados das atividades na Alesp

 


Os deputados estaduais pelo PSL, Douglas Garcia e Gil Diniz, foram afastados das atividades na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) por um ano.

Eles estão suspensos de quaisquer funções de liderança ou vice-liderança, impedidos de orientar a bancada em nome do partido, foram removidos das comissões legislativas e do Conselho de Defesa das Prerrogativas Parlamentares.

“Hoje fomos suspensos das nossas atividades na ALESP. O processo de suspensão que o PSL nos impôs é extremamente fraco e sem embasamento, logo hoje que estão instalando a CPI da Fake News. Existe coincidência? Repito: o que o sistema não absorve, ele tenta destruir!”, publicou Gil Diniz nas redes sociais.

“Irei agravar, recursar, brigar até a última instância do Poder Judiciário para que a representatividade de parcela do povo paulista que votou em mim seja respeitada!”, escreveu Douglas Garcia no Twitter.

O PSL que “justifica” a decisão dizendo que “o processo se deu no âmbito do Conselho de Ética do Diretório Nacional do PSL, constatada o descumprimento do estatuto do partido, ao qual todos os filiados são submetidos, pelo descumprimento de fidelidade partidária e até mesmo à própria lei partidária (9.096/1995), que só admite apoio a criação de um novo partido àqueles não filiados a partidos políticos” e que foram também verificadas “ofensas à imagem do PSL e seus dirigentes”.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...