Mundo

Em desafio aos EUA, Putin anuncia míssil nuclear ‘invencível’

O Ministério da Defesa da Rússia comentou sobre o discurso anual do presidente Putin sobre o estado da nação no parlamento bicameral, a Assembléia Federal, em grande parte dedicada ao sucesso do país na esfera militar. O presidente russo afirmou também que o armamento pode atingir qualquer parte do mundo, revelou o início da fase ativa dos testes russos do sistema de mísseis SARMAT, afirmando que as novas armas seriam invulneráveis para a interceptação, pois suas capacidades permitem que ele ignore qualquer defesa de mísseis ou seja, não pode ser parado nem mesmo pelos sistemas de defesa americanos.

O ministro da Defesa da Rússia, Sergey Shoigu, confirmou na quinta-feira que dois caças de combate russo Su-57 da quinta geração estavam realizando missões de testes de combate de dois dias na Síria.

A declaração foi feita depois que o jornal russo Kommersant informou, citando suas fontes militares, que os jatos russos de quinta geração Su-57 foram implantados na Síria para testar sistemas de radar e guerra eletrônica.

Falando sobre os elementos do sistema de defesa antimíssil dos EUA, criado na Polônia, na Romênia, no Alasca e em planos de implantação na Coréia do Sul e no Japão, o ministro russo da Defesa Sergei Shoigu os chamou de “guarda-chuva vazado”.

“O que está sendo criado hoje na Polônia e na Romênia, criado no Alasca e que deveria ser criado na Coréia do Sul e no Japão, este “guarda-chuva”da defesa contra mísseis acaba por ser “vazado”, disse Shoigu.

Com informações de Veja e Sputniknews.

Tags
Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close