BrasilNotícias

Em meio a tantas polêmicas, as declarações lúcidas da esposa do motorista executado

Em meio a tantas polêmicas, ideologizações e declarações em relação aos assassinatos da Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Pedro Gomes, chama atenção a lucidez, mesmo diante da dor, da viúva do motorista, a funcionária pública Agatha Arnaus.

Ela lembrou o país do óbvio: a quantidade de homicídios que acontecem no Brasil todos os anos e que viram meras estatísticas sem a resolutividade necessária; que seu esposo foi mais uma vítima dessa “guerra” cotidiana.

Agatha Arnaus evitou transformar o assunto em pauta política e repudiou associações entre a morte de seu marido e bandeiras ideológicas e pontou que o esposo era um trabalhador.

As frases dela são cortantes. Ela fala de um país que se acostumou a conviver com a violência e banalizou a vida. “No final das contas, é mais um. É uma frase clichê, mas é isso. Acaba que não sou só eu sofrendo. São várias pessoas. A revolta acaba ficando para trás porque a dor é maior do que ficar perdendo tempo se revoltando com alguma coisa”.

“Estamos vivendo um momento horrível. Deus levou o meu marido, não sei com que propósito. É difícil aceitar”. Ela ainda detalhou que o marido fazia bicos para sustentar a família”.

Eis o drama de diversas pessoas desse país diante do caos instaurado e da falência da segurança pública.

Tags
Ver mais

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Extremamente lamentável o que ocorreu, mas pior ainda a politização do ocorrido. Que tenhamos nessas eleições, mudanças efetivas e que os piores bandidos do país paguem o que devem. Essa viúva infelizmente não foi a primeira e não será a última. O problema no Brasil está bem mais além do que dezenas de milhares de homicídios anuais, mas envolve toda uma cadeia política, social-ideológica que atinge tudo e todos. Espero que Bolsonaro se sagre presidente e coloque o Brasil no rumo que ele precisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close