Estudo aponta os 25 países mais armados do mundo: nenhum figura entre os mais violentos.



Dos 25 países mais armados do mundo, nenhum figura entre os mais violentos e mais de 30% apresentam taxas inferiores à um homicídio por cem mil habitante, trinta vezes menos que o Brasil.

A Small Arms Survey, organização não governamental sediada em Genebra, na Suíça, divulgou em junho deste ano a prévia do seu mais novo estudo “Estimating Global Civilian-held Firearms Numbers” – uma estimativa de armas de fogo nas mãos de civis no mundo e os 25 países mais armado são:

De acordo com as estimativas da organização, os Estados Unidos possuem quase 400 milhões de armas de fogo nas mãos da população, ou seja, mais de uma arma para cada habitante do país. Em 2007, também de acordo com a Small Arms Survey, esse número era de 275 milhões, portanto houve um implemento de 125 milhões de armas nos últimos dez anos. São, em média, 12,5 milhões de novas armas por ano ou mais de um milhão de armas comercializadas por mês!

Se a tese de que, inexoravelmente, mais armas significam mais crimes, deveria haver uma explosão de violência proporcional nos EUA com a entrada de milhões de armas em circulação, mas isso simplesmente não aconteceu! A taxa de homicídios no período praticamente não variou e se manteve sempre próxima de cinco homicídios por cem mil habitantes, seis vezes menor que a taxa brasileira. Teses esdrúxulas disfarçadas de “estudo”, como é o caso de uma conduzida por um ex-diretor do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) que afirma que a cada 1% de aumento nas armas em circulação há 2% a mais de homicídios – tese já refutada pelo pesquisador Fabrício Rebelo– recebem uma derradeira pá de cal.

Dentre os 25 países mais armados do mundo, absolutamente nenhum figura entre os mais violentos ou com maiores taxas de homicídios, pouco importando as gritantes diferenças de IDH, econômicas, culturais, região ou, até mesmo, conflagrações internas, como é o caso do Iraque. Dos 25, dez possuem menos de um homicídio por cem mil habitantes; doze deles têm entre um e cinco, e apenas o Iraque se aproxima da taxa de dez homicídios – mesmo assim, três vezes menor que a taxa do Brasil.

Importante notar que, como já demonstrei acima, assim como nenhum dos países mais armados do mundo figurem entre os mais violentos, a recíproca se mostra parcialmente verdadeira. Entre os 25 países com as maiores taxas de homicídios encontramos El Salvador, Honduras e Venezuela, os três primeiros colocados em assassinatos e, adivinhem, todos eles com legislações fortemente restritivas. O Brasil, país do Estatuto do Desarmamento, ostenta a honrosa 12ª colocação entre os países mais violentos.

As estimativas não são absolutamente precisas e o próprio autor reconhece isso exatamente pela dificuldade em contabilizar as armas ilegais. Exemplo disso é a quantidade de armas estimada para o Brasil, aproximadamente dezessete milhões, o que deixaria o Brasil com uma taxa de 8,5 armas para cada cem habitantes. O número me parece bastante inflacionado, pois mesmo se somássemos todas as armas produzidas aqui desde o Brasil império até hoje, as importadas, as contrabandeadas e até mesmo as manufaturadas, não chegaríamos a esse montante. De qualquer forma o estudo é uma importante ferramenta de análise e entendimento, porém, como não parece corroborar com a narrativa desarmamentista, seguirá sendo ignorado pelos “especialistas” que pululam por aí.

Dentre todas as conclusões que podemos tirar, talvez a mais importante e inequívoca é que a maioria esmagadora de proprietários de armas não cometem qualquer crime violento. Só isso já seria o suficiente para que abandonássemos a ideia de que uma sociedade armada é menos segura e todo dono de arma é um assassino em potencial.

Por: Bene Barbosa
pautas@olivre.com.br
Link original da matéria

Entenda as mentiras sobre o desarmamento
Livro: Mentiram Pra Mim Sobre o Desarmamento

Sobre o Colunista

Redação TL

Redação TL

20 Comentários

Clique aqui para comentar

  • A coisa é simples assim: ou nós, brasileiros, batalhamos para acabar de uma vez por todas com este maldito, covarde ESTATUTO DO DESARMAMENTO, criminoso já em sua idealização, ou, tenham certeza disto, este maldito estatuto será fundamental para acabar de uma vez com todas com os brasileiros. Não é exagero não, e vai acontecer. É bem isto, ou acabamos com este monstruoso plano genocida , o estatuto do desarmamento, ou ele acabará com nós, brasileiros. ACORDA POVO!! ACORDA!!!! Se você ainda não entende o que é o estatuto do desarmamento, “LEI” criminosa IMPOSTA ao Brasil por vermes criminosos, covardes, facínoras como os MONSTRUOSOS CRIMINOSOS Luiz Inácio Lula da Silva, o LULA, e Fernando Henrique Cardoso, o FHC, ora… ESTUDE! Leia e procure entender o real objetivo de desarmar a população, de bem em sua maioria, mas com espirito de “ovelha”. Entendam que o Desarmamento de qualquer população do Mundo, nunca é em benefício do Povo, nunca. Perguntem, por exemplo, a um venezuelano, cubano, norte coreano, que vivem a merce de Ditaduras Sanguinárias, com total proibição de Armas para a população e apenas aos terroristas que fazem parte do “partido”. Leiam e compreendam que Desarmamento do Povo é o primeiro passo para a imposição de uma Tirania e a total submissão deste Povo à vontade do Tirano. Saibam: o maldito estatuto do desarmamento foi idealizado com este objetivo e IMPOSTO aqui no Brasil para ter esta exata função. O Brasileiro de BEM tem sim o DIREITO e o DEVER de ter Arma de Fogo e PORTÁ-LA para a sua segurança, para a segurança da sua Família e da sua Propriedade, contra todo tipo de criminosos, principalmente os criminosos políticos, de TODOS os partidos, e os 11 criminosos, canalhas, imundos, que formam o STF!!! Os Brasileiros tem o DEVER de estarem preparados para se defender destes vermes, imundos, ladrões fantasiados de políticos e juízes do STF que DOMINAM o FRACASSADO estado brasileiro. As eleições estão aí… procure saber a história e o que defende os candidatos e, todo aquele vagabundo que vier com essa lorota de defender desarmamento, JAMAIS vote nele, e faça a maior propaganda possível, de todas as maneiras, para que este imundo não venha a ser eleito para, com toda tranquilidade, te ferrar depois. Então, é isto. VAGABUNDO defendeu desarmamento, ZERO!!! Sem voto, e façamos contra ele a PIOR PROPAGANDA de uma maneira que ele não consiga um cargo nem para flanelinha. Uma dica: aqui neste link do PL 3722, você tem uma lista dos VAGABUNDOS contrários ao FIM deste criminoso estatuto do desarmamento ( https://www.deputadopeninha.com.br/placar-pl-3722). Então, todos estes vagabundos, lixos, que aparecem aí contrários ao fim do maldito estatuto, NÃO devem ser reeleitos. E, os que aparecem “em cima do muro”, caso escolham a posição contraria à vontade dos brasileiros, ou seja, o fim do desarmamento, devem ser definitivamente tratados como lixo, vermes imundos e serem descartados também. Meus compatriotas, mais uma vez, ACORDEM!! Nossa situação aqui no Brasil, é mais do que gravíssima… e, o exemplo da Venezuela, está logo ao nosso lado…

  • Bene Barbosa só engana besta e egoístas. Vamos lá. Onde tem mais armas nas mãos de civis, no Iraque ou na Espanha? E qual dos dois é mais violento? Uruguai ou suiça, qual dos dois é mais violento? EUA com muitas armas é menos violento que o Canadá que tem muito menos armas? Nova Zelândia ou EUA, onde a violência é maior??? Digo e provo que Bene Barbosa só engana trouxa ou egoísta KKKK

  • Mais um ESQUERDOPATA, com discurso sem pé nem cabeça, defendo o indefensável… tenho certeza que você é um comunistinha com jeitinho enrustido que nem conhece o Prof. Bene Barbosa. CARA… VOCÊ É MUITO BURRO!!! E tem mais: se você não gosta de arma de fogo, não compre! Vai ser palhaço do LIXO LULA e comer pão com mortadela, vai.

  • Esse Geneison é muito burro. Entre El Salvador (porte restrito) e EUA (porte liberado), onde é mais violento? Entre Honduras (porte restrito) e Iraque (porte liberado) onde é mais violento mesmo?? Ao invés de ficar fazendo miçanga, aprenda a fazer conta!!

  • Bela teoria. Só não deixa o pessoal ter acesso a dados do Gun Violence Archive e do Índice Global da Paz, por exemplo. Porque neste último, que é aceito e divulgado anualmente por diversas publicações internacionais, os Estados Unidos figuram somente em 121º lugar em matéria de segurança.

  • Geneison Oliveira, vai ser burro e mal caráter assim na casa do caralho. Selecionar países para eles dizerem o que você quer é coisa de pilantra. E um detalhe, a quantidade de armas por 100 habitantes entre Espanha e Iraque é pequena. “Uruguai ou suiça, qual dos dois é mais violento?” Os dois são muito bem armados, seu imbecil; a diferença de armas entre um e outro é pequena. “EUA com muitas armas é menos violento que o Canadá que tem muito menos armas?” Seu animal, a população americana é muito mais complexa que a canadense, e, novamente, você compara dois países bem armados. Por que você não compara com a Venezuela, México, Brasil?

    Marcelo Idiarte, a é mesmo? O Gun Violence Archive que coloca tiroteios entre gangues como se fossem massacres em escolas? Essa é a fonte que você usa? Tá de sacanagem… O Índice Global da Paz é aquele que coloca o Brasil na frente dos Estados Unidos? Realmente, não deixa o pessoal ter acesso, pois vai ficar ruim pra vocês.

  • Armas nas mãos da população é uma questão de segurança Nacional, quando a Alemanha invadiu a França os soldados correram e quem ficou matando alemão foi o povo.Mas isto acionteceu também em Portugal quando Napoleão correu com Dom João foi o povo, que lutou bravamente contra as tropas do General Janot. Só países autoritários desarma sua população, como Hittler, Mussuline os ditadores comunistas.

  • Geneison Oliveira qual é a tua fonte? O Bene apresenta as fontes…www.youtube.com/watch?v=2qGLhdd9ci8

  • Esse Geneison Oliveira, além de ser oficce boy dos chefes de quadrilhas que sequestraram os Estado Brasileiros, nos últimos trinta anos, e transformaram numa sucursal do inferno aqui na terra, ainda é burro em termos de análise de estatistica. O cara deve ter faltado todas as aulas de matemática e lógica.

  • Prezado, seu texto deixa em aberto pelo menos dois pontos essenciais para se levar esses argumentos a sério: primeiro, não se pode chegar a uma conclusão final sobre qualquer assunto com base em “uma única tabela” de apenas “uma fonte” (que, aliás, está desatualizada, já que essa fonte tem dados mais recentes do que de 12 anos atrás, não é verdade?); segundo, é bom observar que a informação do comércio de armas nos EUA não deixa claro se essas unidades alimentam apenas a demanda interna desse país. Tem muita “edição” nesse texto e pouca imparcialidade. Mas, respeito o ponto de vista de qualquer um. Só não vale manipular e omitir informações para tentar ganhar simpatizantes com base nisso.

  • Cara… essa “jacinta maria reboucas pessoa” é muito burra e sem noção na mesma medida que NÃO TEM CARÁTER!!! Seu texto (se é que pode ser chamado de texto) é que não tem qualquer sentido. Você ta bêbada, drogada, ou é só porque você é burra e sem caráter mesmo?? Coloca seu nome de verdade, escrota. Eu tenho NOJO de esquerdista.

  • Bem eu tenho uma dúvida, a questão que me pergunto é se funciona bem assim pq z maioria dos países desenvolvidos proíbem o porte de arma ?

  • Não dá… definitivamente, não dá. O Vlamir (nome falso com certeza), você escreveu este LIXO aqui:

    Vlamir
    23 de junho de 2019 às 07:08
    Bem eu tenho uma dúvida, a questão que me pergunto é se funciona bem assim pq z maioria dos países desenvolvidos proíbem o porte de arma ?

    Então, me responde isto ANIMAL, APAGADÃO DO CARALHO: Estados Unidos é país desenvolvido ou não é? Lá PROÍBE o porte de arma?? Seu cretino filha da puta!! O mesmo pra Suíça… ou Israel… seu cretino covarde inútil. Você não passa de mais um lixo esquerdista que só faz peso na Terra. Inútil. E digo mais!! É pra arrebentar você mesmo… espero que seja útil pro Brasil e se mate. E por sua culpa, esquerdista maldito, e tantos outros da sua laia, que o Brasil se tornou esse lixo. Se mate, verme imundo.

  • O que o Fidélis falou é a pura verdade assim como o bene barbosa em seu livro, que se baseou em dados estatísticos reais. Infelizmente, a maioria esmagadora do brasileiro não lê livros e acredita em senso comum mas a população já está acordando devido à grande violência assola este país. Enfim, conseguimos eleger um presidente pela vontade popular e não imposto por esse estabilishment. Avante Brasil rumo ao 1° mundo.

  • Li todos esses comentários. e o que observei foi que as divergências sempre são muito cheias de fortes agressividade, altamente ofensivas, com ódio e sangue nos olhos, palavras de baixíssimo escalão um contra o outro. Isso demonstra o quê? Será que o povo brasileiro tem equilíbrio, preparo e educação pra ter armas nas mãos mesmo? Se tiver tá tudo certo. Mas pelo que tô vendo, quando um chamar de feio pro outro que tiver armado, pode se considerar um defunto.

  • Edmilson de Almeida… o seu comentário “não agressivo e educadinho”, ao estilo FHC, Rodrigo Maia, Aécio Neves, Fernando Haddad e quadrilha… demonstra apenas que você não passa de “um lobo em pele de ovelha”. Apenas isto e nada mais.

  • As armas em Honduras são permitidas e são reguladas pelo Ministério da Defesa, pelo Ministério da Segurança e pela polícia. Nesse país, a posse de armas semi automáticas é permitida sob licença, assim como a posse civil de rifles e espingardas. Um país com violência não é questão de ter ou não armamento, isso é problemas social. Se houver desigualdade, vai haver violência, independente se são ou não liberadas armas de fogo. Não adianta comparar países desenvolvidos cuja população possua armamento com países problemáticos como o Brasil. Lá, os níveis de educação e desigualdade são outros.

Blog Authors

Guilherme Galvão VillaniGuilherme Galvão Villani

Mariliense. Gosto pela Administração, Contabilidade e Finanças. Atu...

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...