EXCLUSIVO: Alunos de medicina entram na justiça e são autorizados a trabalhar durante pandemia



Alunos de medicina que entraram na justiça para pedir antecipação da colação de grau e auxiliar no combate ao vírus chinês no Brasil, venceram e poderão exercer a profissão durante a pandemia.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub adiantou a informação em entrevista exclusiva ao Terça Livre no Boletim da Manhã desta quinta-feira (26).

De acordo com Weintraub, estes alunos já completaram todas as matérias, mas estão apenas esperando a burocracia da colação de grau para exercerem a profissão.

 

Os alunos receberam um certificado provisório de conclusão de curso e diploma. “O juiz concedeu. Decisão judicial a gente cumpre, não tem o que discutir”, declarou o ministro. “Neste momento, vai salvar vidas [a decisão]”.

Weintraub ainda pediu que os demais estudantes de medicina, enfermagem e farmácia que se encontram em situações análogas, façam o mesmo e entrem na justiça para pedir a antecipação da colação de grau.

“Estamos precisando deles e temos a solução, que é judicializar a colação de grau”, finalizou.

Leia a íntegra da decisão:

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...