fbpx

Força-tarefa da Lava Jato repudia notícia falsa divulgada por Reinado Azevedo

 


A força-tarefa da Operação Lava Jato, do Ministério Público Federal no Paraná (MPF-PR), repudiou, em nota, uma notícia falsa divulgada pelo apresentador Reinaldo Azevedo na última quinta-feira (20).

A informação foi veiculada por meio de seu blog no UOL e na rádio Band News FM, no programa “O É da Coisa” e tinha como base diálogos obtidos pelo site The Intercept, que foram cedidos a Azevedo.

De acordo com o jornalista, o ex-juiz e ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, teria mandado o Ministério Público Federal excluir a procuradora da República, Laura Tessler, da segunda audiência do condenado ex-presidente Lula da Silva (PT).

A nota do MPF replica: “Conforme é público, a procuradora da República Laura Tessler participou, na manhã de 13/03/2017, de audiência em ação penal em que acusado o ex-ministro Antônio Palocci (autos nº 5054932-88.2016.404.7000). Além de seguir realizando a audiência na tarde do mesmo dia, a procuradora participou de todas as subsequentes do caso, nos dias 14/03/2017, 15/03/2017, 21/03/2017, e 22/03/2017”.

O MPF também reiterou que a atuação firme, técnica e dedicada de Tessler, foi decisiva para a condenação de 13 réus acusados de corrupção e lavagem de dinheiro a mais de 90 anos de prisão, incluindo o ex-ministro Antônio Palocci.

Sobre Reinaldo Azevedo, o Ministério Público disse que “para suas absurdas conclusões, o blogueiro usou material cuja autenticidade não foi confirmada, reforçando o aparente intuito de criar notícias às custas de publicações que distorcem supostas conversas entre autoridades, atacando o Sistema de Justiça e as instituições da República, na mesma linha do que verificado nos ataques cibernéticos”.

Veja a nota na íntegra:

A força-tarefa Lava Jato do Ministério Público Federal no Paraná (MPF/PR)vem a público repudiar notícia falsa sobre troca de procuradores em audiência do caso Triplex por meio de publicação rasa, equivocada e sem checagem dos fatos pelo blogueiro Reinaldo Azevedo.

Conforme é público, a procuradora da República Laura Tessler participou, na manhã de 13/03/2017, de audiência em ação penal em que acusado o ex-ministro Antônio Palocci (autos nº 5054932-88.2016.404.7000). Além de seguir realizando a audiência na tarde do mesmo dia, a procuradora participou de todas as subsequentes do caso, nos dias 14/03/2017, 15/03/2017, 21/03/2017, e 22/03/2017.

Como sempre, sua atuação firme, técnica e dedicada contribuiu decisivamente para a condenação, somente nesse caso, de 13 réus acusados de corrupção e lavagem de dinheiro a mais de 90 anos de prisão, incluindo o ex-ministro Antônio Palocci. Integrante da Lava Jato no MPF desde 2015, a procuradora Laura Tessler seguiu e segue responsável por diversas investigações e ações criminais, realizando todos os atos processuais necessários, incluindo audiências, contando com toda a confiança da força-tarefa na sua condução altamente profissional, cuidadosa e obstinada no combate à corrupção.

Ou seja, não houve qualquer alteração na sistemática de acompanhamento de ações penais por parte de membros da força-tarefa. Assim, os procuradores e procuradoras responsáveis pelo desenvolvimento de cada caso acompanharam as principais audiências até o interrogatório, não se cogitando em nenhum momento de substituição de membros, até porque todos vêm desenvolvendo seus trabalhos com profissionalismo, competência e seriedade.

Também como é público, os procuradores da República Júlio Noronha e Roberson Pozzobon, que participaram em 10/05/2017 do interrogatório de Lula na ação penal sobre o triplex no Guarujá (autos nº 5046512-94.2016.404.7000), foram os mesmos que estiveram presentes nas principais medidas investigatórias do caso em 04/03/2016 (como na oitiva do ex-presidente no aeroporto de Congonhas e na busca no Instituto Lula), na exposição pública do conteúdo da denúncia em 14/09/2016, e em 16 das 18 audiências judiciais do caso realizadas no ano de 2017.

Além de desrespeitosa, mentirosa e sem contexto, a publicação de Reinaldo Azevedo não realizou a devida apuração, que, por meio de simples consulta aos autos públicos acima mencionados, evitaria divulgar movimento fantasioso de troca de procuradores para ofender o trabalho e os integrantes da força-tarefa. Como o site “The Intercept Brasil”, de quem se diz parceiro, Reinaldo Azevedo, de modo tendencioso, tentou criar artificialmente uma realidade inexistente para dar suporte a teses que favoreçam condenados por corrupção e lavagem de dinheiro na Lava Jato.

Para suas absurdas conclusões, o blogueiro usou material cuja autenticidade não foi confirmada, reforçando o aparente intuito de criar notícias às custas de publicações que distorcem supostas conversas entre autoridades, atacando o Sistema de Justiça e as instituições da República, na mesma linha do que verificado nos ataques cibernéticos. A suposta versão, que não resiste a uma mínima análise crítica diante dos fatos públicos, indica que a fábrica de narrativas político-partidárias baseadas em supostos diálogos sem autenticidade e integridade comprovadas somente leva à perda de credibilidade de quem delas se utiliza sem a devida apuração.

Todas as informações sobre as ações penais referidas podem ser consultadas no site da Justiça Federal:
a) Ação penal sobre o triplex no Guarujá: autos nº 5046512-94.2016.404.7000 (Chave eletrônica: 162567218816);
b) Ação penal envolvendo o ex-ministro Antônio Palocci: autos nº 5054932-88.2016.404.7000 (Chave eletrônica: 111718380216).

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Bruna de Pieri

Jornalista e católica.

33 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Lamentável esse Reinaldo, ele odeia tanto Moro e a Lava Jato que chega ao ponto de considerar 100% válidas informações de um hacker dadas a um blog de extrema esquerda só para provar que estava certo em sua perseguição, tá cada dia com menos credibilidade por isso. Tanto que desativa comentários em todos os seus blogs de tão queimado que tá.

  • Reinaldo de Azevedo não passa de um pseudo intectual brasileiro jeca que se uniu a outro pseudo jornalista americano no intuito de surrar os fatos políticos e policiais do Brasil. Mal sabem o ridículo, vergonha e desprezo que passam ante a opinião pública brasileira.

  • A energia do talento do Ilustre Dr. Sergio Moro é tão forte que ninguém consegue sufocá-la por muito tempo.
    Ela irrompe soberana e consegue agitar multidões.

    Adonai emana as bênçãos sobre ele e família, protegendo-os, confirmando para o Brasil os bons propósitos, que são os Planos de Deus com ele a cumprir com nobreza e positivos resultados.
    ***

    Se temos Fé em Deus, o resto é detalhe.

    Somos Lava Jato.

  • Para além das ideias de certo e errado,existe um campo.
    E nós nos encontraremos dia 30 próximo com os apoiadores da LAVA JATO.

    O p/t ensinou a esmolar, mendigar, criou a ideologia vitimismo.
    Insultou a Missão do trabalho.
    Roubaram tanto, tanto, quem acredita que trabalhar seja castigo, joga fora o prazer da realização.
    VAI TE CATAR, reinaldo.

  • Queria ver se um hacker violasse a conta bancária dele e roubasse todo dinheiro, ai eu queria ver o que ele iria dizem.

  • Poxa, vcs colocam na manchete o termo “notícia falsa”. Se vcs fossem sérios e imparciais, colocariam apenas “notícia”. Como vocês sabem serem falsas? Vcs demonstram parcialidade. Vou deixar de ler vcs, porque o jornalismo de vcs é tendencioso. A manchete Imparial seria “lava jato repudia notícia divulgada…”. Aí, sim, teria credibilidade

  • Xiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii….
    A Band caiu numa cilada devido a irresponsabilidade de um vira folha.

    BAND: demita os envolvidos.

  • Avatar OS BANQUEIROS ROTCHAILDS SEMPRE MAMARAM NESSA TETA CHAMADA BRASIL, ALIÁS, ANTES DELES FORAM OS BANQUEIROS TAMBÉM JUDEUS ASKHENAZITAS FUGGER. disse:

    História financeira e orçamentaria do Império do Brazil desde a sua fundação, precedida de alguns apontamentos acerca da sua Independência.
    Quem não conhece essa obra jamais poderá entender de fato as finanças e economia do Brasil, pois saibam que os banqueiros askhenazitas Judeus ROTCHAILDS se tornaram o que são hoje, graças as riquezas deste nosso solo. Este livro mostra os empréstimos tomado e as formas de pagamentos que foram aplicadas. são 900 páginas descrevendo séculos de informações contábeis.
    Os Fugger muitos antes dos Rotchailds também arrendaram o Brasil. Seu representante principal era Fernando de Noronha, um Judeu português que era o elo entre a coroa portuguesa e os banqueiros Fugger, segundo fontes dizem que o nome do nosso país foi trocado de Terra de santa Cruz para Brasil a pedido dos Fugger.

    Gratuito: https://biblioteca.ibge.gov.br/biblioteca-catalogo.html?id=241734&view=detalhes
    http://www2.senado.leg.br/bdsf/item/id/222259

  • A Band tendo em seu já pobre elenco de comentaristas, este Reinaldo de Azevedo acaba por jogar no lixo sua liderança que contava e conta com pessoas do nível de José Paulo de Andrade e até pouco tempo atrás de um Salomao Esper. Triste crepusculo desta outrora grande emissora.

  • A Band não deve permitir que pague um DESNECESSARIO para nos denegrir.
    A imprenxuleca, com tais jornalistas tipo deste indivíduo, está antipática,só falar mau, hostilizar.
    Igualmente não te permitas atingir pelas farpas caluniosas que te arrojam.
    Não merecem.

    FORA reinaldo. XÔ.

    LAVA JATO É A SOLUÇÃO.

    SOMOS DR. SERGIO MORO.

  • Mais uma ex-jornalista tentando seus minutos de fama e só revida. Desativou todos os comentários em seus blogs de tanto comentários negativos… Consegue desagradar esquerda e direita.. É o famoso mal amado

  • Qual o medo de prender esse malditos jornalistas da estirpe de Reinaldo Azevedo que estão atentando contra a honra de autoridades e botando fogo na nação com falácias? Será que o Brasil ainda continua sendo um país de bunda moles?

  • Decadência do tal Glenn. Só sobrou para ele o Ó do Coiso. Parece que nenhum meio que tem alguma credibilidade a zelar quer se meter nisso! E o pior é que – quem diria! – só aquilo que em tempos passados o Arruinaldo chamava de”petralhas” é que dão credibilidade ao que ele veicula.

  • Não tem que repudiar e emitir nota. Tem que dar um jeito de processar, ou exigir retratação ou qualquer coisa do tipo…

  • Meu Deus o cara não tem responsabilidade nenhuma por dar uma noticia falsa dessa ,não tem retratação, não tem punição passa uma imagem para a sociedade que isso é normal, é jornalismo. Esse cara como outros pseudos jornalistas difamam uma operação policial com varias autoridades policiais, juízes e promotores imaginam o que não fazem com um cidadão comum.

  • Eduardo Garcia, porra , mas é isso q está sendo discutido, não tem como comprovar isso, ele tá se baseando em fofoca, se liga cara!

  • Márcio Abreu vc tem problema cara??? a noticia é falsa sim, não se pode dar uma noticia baseada em suposição sem fonte comprovada, é crime!!!! pqp…ignorância predomina no brasil

  • Não fala merda ” Varcalho”, você não passa de um fdp que chupa as bolas do LULA Viado Ladrão.

  • Se alguma dúvida há acerca dos diálogos atribuídos à força-tarefa da Lava Jato cabe a seus honestíssimos membros desfazer quaisquer dúvidas simplesmente entregando seus celulares à perícia da PF que eles mesmos comandam, ou será que eles, os procuradores, não confiam na polícia também?

  • Este é mais um imbecil disfarçado de jornalista, já foi mandado embora da Jovem pan, quer criar audiência à qualquer custo, o melhor para ti é o desprezo

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...