“França não pode dar lição em ninguém. Isso é molecagem”, pontua Augusto Heleno

Foto: Reuters
 


O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, disse nesta terça-feira (27) que a França não pode dar lição a ninguém, já que 90% das colonias francesas vivem em situação “lamentável”. A declaração ocorreu durante reunião com os governadores da região Amazônica nesta manhã.

“Essa posição colonialista do Macron, além de ser lamentável, tem um passado triste. A França não pode dar lição em ninguém neste aspecto. Eu vivi o problema no Haiti, que é uma das colonias francesas. Onde eles passaram [franceses], deixaram rastro de destruição, de confusão, de miséria, então eles não podem dar este tipo de conselho a ninguém. Isso é molecagem”, pontuou.

Em seguida à fala de Heleno, o governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), disse que o governo federal precisava deixar de lado “a troca de farpas” com Macron e se concentrar na solução das queimadas na floresta e na preservação da imagem do Brasil no exterior.

“Neste momento todos aqui estamos com único intuito de encontrarmos soluções e dividir responsabilidades. Primeiro acho que nós estamos perdendo muito tempo com o Macron. Acho que nós temos que cuidar do nosso país e tocar a vida”, disse.

“Acho que estamos dando muita importância para esse tipo de comentário –não desprezando a importância econômica que a França possa ter– mas acho que agora nós temos que cuidar dos nossos problemas e sinalizar para o mundo a diplomacia ambiental, que é fundamental para o agronegócio, porque se não nós vamos ter um prejuízo severo de imagem, que já tem causado preocupação para todos”, continuou o governador.

O presidente Jair Bolsonaro citou declarações recentes de Macron, como quando o presidente francês diz que “precisamos construir este novo direito internacional do meio ambiente” e que “É indispensável construir uma boa governança internacional”.

“Ele abaixou o tom um pouquinho, mas o objetivo é o mesmo. Não podemos ficar apenas na retórica. A última palavra vai ser do cidadão que tá a minha esquerda aqui”, comentou referindo-se ao ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva.

Depois de falar sobre o apoio de Donald Trump, Bolsonaro reforçou não ter nada contra o G7. “Temos contra um presidente do grupo, que nós sabemos o que ele está reverberando e qual a sua intenção”.

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Bruna de Pieri

Jornalista e católica.

8 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Macron não é um exemplo a ser seguido.

    Amamos o Brasil.
    APOIAMOS O PRESIDENTE JAIR BOLSONARO!

    Respeitamos GENERAL HELENO!

  • Se tem algo mais bonito que o BRASIL, afirmamos aqui:
    este algo somos nós!
    GALERA B____17.
    Nosso carinho General HELENO!

  • Polícia Federal encontra US$ 2 milhões em operação contra tráfico de drogas para a Europa – (O Globo – 27/08/2019)

    https://oglobo.globo.com/brasil/pf-encontra-us-2-milhoes-em-operacao-contra-trafico-de-drogas-para-europa-23907082

    De carne a granito: como a quadrilha identificada em Itajaí/SC enviava droga à Europa pelos portos – (NSC Total – 27/08/2019)

    https://www.nsctotal.com.br/colunistas/dagmara-spautz/de-carne-a-granito-como-a-quadrilha-identificada-em-itajai-enviava-droga

    Macron diz que não pode deixar Bolsonaro destruir a Amazônia – (Renova Midia – 27/08/2019)

    A PREOCUPAÇÃO DA EUROPA TAMBÉM INCLUI A NÃO CHEGADA DO QUE ALIMENTA AS MENTES DOS NÓIAS?

  • Já passou da hora do Capitão mandar esse verme francês às favas!
    Esse nanico precisa descer do salto e respeitar a soberania nacional sobre a Amazônia.
    Precisamos deixar claro todos dos dias que a Amazônia é dos brasileiros e nunca sofrerá intervenção internacional.
    Chega de se prostrar para os gringos!

  • Existe um site na internet chamado ” Gatestone Institute” esse site é dedicado a política europeia, lá existem vários artigos relacionados aos problemas internos da França, vou citar alguns pra vocês terem uma ideia do lixo que está a França; Os imigrantes de origem africana estão tocando o terror nas nas áreas pobres da França, a criminalidade está fora de controle nos subúrbio francês, as mulheres já não se sente seguras em andar sozinha, porque podem sofrer abuso sexuais por refugiados muçulmanos, acessem esse site e vocês verão o que é a França que Globo não mostra.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...