Funcionários do Metrô que aderiram à greve podem ser demitidos, afirma Doria

Metrô
 


Na tarde desta sexta-feira (14/6), o governador de São Paulo, João Doria, informou que os funcionários do Metrô de São Paulo que aderiram à greve e descumpriram determinação da Justiça podem ser demitidos. Doria também afirmou que os sindicatos que desobedeceram a orientação legal podem ser multados em até R$ 1 milhão.

“O Metrô pode, dada a circunstância e com autorização judicial, ter desde advertência até punição de suspensão e demissão de funcionários que prejudicaram o funcionamento do metroviário em São Paulo. Nada tenho contra manifestações de ordem política, institucional, que se façam de forma pacífica, que não proponham ou aceitem agressão a pessoas, ao patrimônio público e privado e nem impeçam as pessoas no seu legítimo direito de ir e vir”, afirmou.

Segundo Alexandre Baldy, secretário de Transportes do governo, devido a paralisação parcial dos funcionários, o Metrô de São Paulo, na manhã de hoje, atendeu apenas 16% dos cidadãos que utilizam o transporte diariamente.

Sobre o Colunista

Redação TL

Redação TL

16 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Demita todos aqueles que deixaram quem quis trabalhar para ganhar o pão de cada dia, sem condições de chegar ao seu destino. Há milhares de pessoas batalhadoras querendo trabalho. O Brasil precisa de ordem e PROGRESSO.

  • Ótima oportunidade de gerar empregos para quem quer trabalhar, demissão imediata daqueles que querem ficar em casa.

  • se a esquerda não fizer assim na base da força, NINGUÉM VAI nas “manifestações” deles

    patéticos!!

    mais uma vez foi um fiasco a greve da esquerda, felizmente a população está acordando

  • Ouvi dizer que alguns funcionários do metro levaram propina para não deixa-lo funcionar. Só corrupção é com a esquerda mesmo!

  • Prefeito Doria, tem q demitir mesmo esses grevistas e admitir pessoas que querem trabalhar, o Brasil está cheio de gente procurando emprego… dê-lhes uma chance e CÔ com esses desordeiros vagabundos… manda tudo pra fila do desemprego.

  • Prefeito Doria, tem q demitir mesmo esses grevistas e admitir pessoas que querem trabalhar, o Brasil está cheio de gente procurando emprego… dê-lhes uma chance e XÔ com esses desordeiros vagabundos… manda tudo pra fila do desemprego.

  • Justo a demissão, 13 milhões de brasileiros desempregados, e estes idiotas fazendo greve em dia normal de trabalho, onde muitos dos trabalhadores terão desconto em folha, tem que haver punição

  • Existem milhões de desempregados, demitam !
    Essa tal paralisação foi a tentativa de retirar da cadeia um sujeito condenado que está a caminho de sua segunda sentença e somente isso !

  • Impressionante como somos bons juízes, principalmente no tribunal da internet. Não sou advogado do funcionário do metrô, nem quero ser. Mas como cidadão me indigno, com a severidade e intolerância com que caímos de pau sobre esse senhor, sem saber se presta ou não um bom serviço à sociedade. Crime: foi à paralização. Antes disso, há dezenas de outras punições. De outro lado, quantos deputados, senadores etc., não comparecem às sessões? Agora no meio do ano saem de férias, no final do ano novamente, são responsáveis pela morte em vida de tantos brasileiros. Qual o prêmio que recebem? Reeleições, altos salários, penduricalhos à beça … e o que fazemos? Nada. Com esses fazemos vistas grossas. Para o Governador Dória é fácil demitir esse “desgraçado”, jogar na mídia e ficar bem com a opinião pública. Afinal 2022 está logo ali. A democracia brasileira é para poucos, o resto, meu irmão, é Coreia! Não sou petista. Agora, será que o dia em que o metrô não funcionar por aquelas falhas que já conhecemos Dória também será demitido? Você terá a coragem de utilizar esse espaço para demitir o Governador? Veremos, a conta chegará para todos nós.

  • Grevistas Podem ser demitidos?
    Como assim exigimos como contribuintes que sejam demitidos por justa causa e dem lugar a quem precisa trabalhar que sirva de exemplo

  • como esse pais nosso tem filhos da puta, abaixem a cabeca e abram o cu para seus patrões empresários, greve e um direito do trabalhador e ta na cosntituição porra.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...