BrasilNotícias

General Mourão defende a instituição da família

O vice de Bolsonaro demonstrou como a destruição da família serve ao crime

O general da reserva Hamilton Mourão, vice de Jair Bolsonaro (PSL), concedeu palestra nesta segunda-feira (17) no Secovi, o sindicato do mercado imobiliário de São Paulo.

Na palestra, o general Hamilton Mourão afirmou que o narcotráfico recruta jovens de famílias pobres “sem avô e pai”.

O vice de Jair Bolsonaro disse haver um “ataque cerrado à instituição da família”, do qual decorre uma crise de costumes.

O militar declarou:

A partir do momento em que a família é dissociada, surgem os problemas sociais. Atacam eminentemente nas áreas carentes, onde não há pai e avô, mas sim mãe e avó. Por isso, é uma fábrica de elementos desajustados que tendem a ingressar nessas narcoquadrilhas.

Mourão também defendeu mais força policial contra o crime.

Se polícia age como polícia, é criticada. Direitos humanos são para os humanos direitos”, disse, sob aplausos.

Fonte: Tarciso Morais – Renova Mídia

Ver mais

Ricardo Roveran

Estudante de artes, filosofia e ciências. Jornalista, crítico de arte e escritor. Escrevo por amor e nas horas vagas salvo o mundo.

Artigos relacionados

4 Comentários

  1. Meu Deus!
    Finalmente, estou ouvindo, de novo, palavras como: FAMÍLIA, CLASSE MÉDIA, HOMEM A FIGURA MASCULINA AINDA EXISTE E DEUS TB!

    Vou ser sincero com vocês, só ouvia isso da boca de políticos, entre meus 13/14 anos, depois acabou, foram mais de 15 anos sem ouvir um só político ou candidatos falar essas palavras.

    Em 14 anos o mundo se resumiu em: feminismo, homossexualismo, homem em geral pregado como mau ou desconsiderado!

    Meu Deus! ROUBARAM 14 ANOS de nossas vidas em MENTIRAS E MANIPULAÇÕES!!!!!! 14 ANOS boa parte de nossa juventude e parte da idade adulta. ACABOU!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close