fbpx

Geopolítica: o papel do Brasil, Foro de São Paulo e Russia nas crises venezuelanas

protesto venezuela 6
 


O Terça Livre convidou nesta segunda-feira (18/5), o cientista político e mestre em políticas públicas, estratégias e desenvolvimento, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), William Clavijo, para falar sobre os últimos eventos envolvendo decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) e do presidente da República brasileira, Jair Bolsonaro, acerca dos diplomatas de Nicolás Maduro.

O presidente brasileiro determinou a expulsão dos profissionais da missão diplomática que representa a ditadura venezuelana, mas uma decisão da Suprema Corte cancelou a ordem. As consequências foram dois dias de protestos de cidadãos venezuelanos refugiados neste país no Distrito Federal.

Os protestos ao mesmo tempo agradeciam ao presidente e cobravam outras providências do governo brasileiro sobre o tema.

William, que é venezuelano, nos explicou ainda o papel do Foro de São Paulo e da Russia no desenvolvimento das crises pelas quais o país dele atravessa desde a ascensão de Hugo Chávez até o presente.

Clavijo, além de bacharel em Ciências Politicas, tem menção politica internacional, é também mestre em Politicas Publicas, Estrategias e Desenvolvimento, pela UFRJ, MBA em Comercio Exterior e Finanças Internacionais, pela Universidade Cândido Mendes (UCAM) e doutor em Politicas Publicas, Estrategias e Desenvolvimento, pela UFRJ.

Confira a entrevista completa

Sobre o Colunista

Ricardo Roveran

Ricardo Roveran

Estudante de artes, filosofia e ciências. Jornalista, crítico de arte e escritor. Escrevo por amor e nas horas vagas salvo o mundo.

Twitter: @RicardoRoveran

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...