fbpx

Gleisi critica aumento de mortalidade infantil, mas os dados são do governo Dilma

 


A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, publicou uma mensagem de indignação em seu Twitter denunciando que a mortalidade infantil no país subiu pela primeira vez em 26 anos.

No corpo da mensagem, a senadora petista divulgou um link para uma reportagem da Folha de S. Paulo com as informações.

Ela culpou, claro, o governo de Michel Temer, o mesmo que foi ex-vice-presidente do PT durante dois mandatos.

Gleisi Hoffmann (Twitter):
“Mais de 20 anos para construir e apenas 2 anos para acabar com tudo. Temer faz o oposto: 20 anos em 2, de atraso! O próprio MS admite que o aumento das mortes entre 1 a 4 é por conta da crise econômica e a falta de proteção social.”

Nem a senadora, muito menos sua assessoria, ao que parece, leram a primeira frase da reportagem:

“Pela primeira vez desde 1990, houve aumento na taxa de mortalidade infantil do Brasil em 2016, e a tendência é que o índice de 2017 também se mantenha acima do registrado em 2015”, registra a matéria

Até 31 de agosto de 2016, quem ocupava a Presidência do Brasil era uma certa Dilma Rousseff.

Fonte: Tarciso Morais – RENOVA Mídia

 

 

 

Sobre o Colunista

Redação TL

Redação TL

3 Comentários

Clique aqui para comentar

  • A Gleisi nāo lê a frase inteira, e já sai falando bobagem.
    Se bem que seus seguidores não leem nada da frase dela.
    Isto me faz crer que Comunismo é igual religião:
    Quem crê, não precisa de explicação.
    Quem não crê, não adianta explicação.

  • Depois não quer ser chamada de louca.
    Além disso…desinformada. Galera tá sentindo o chão se mover debaixo dos seus pés; castelos caindo e o desespero petista subindo pelas paredes. Aguardem…..

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...