BrasilNotícias

Governo federal acompanhará investigações sobre assassinato de vereadora do RJ

De acordo com o presidente Michel Temer (MDB), o assassinato da vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson será tratado como prioridade e acompanhado pelo Ministério de Segurança Pública.

O ministro Raul Jungmann já se encontra no Rio de Janeiro para acompanhar as investigações.

Temer classificou com um atentado ao Estado de Direito e à democracia. O presidente lamentou a morte e classificou o crime como “extrema covardia”.  Ele prestou solidariedade aos familiares e amigos e disse que acompanharia a apuração dos fatos, bem como a punição dos autores.

Michel Temer não entrou em detalhes sobre linhas de investigação, mas se reuniu com Eliseu Padilha (Casa Civil), Moreira Franco (Secretaria-Geral), Carlos Marun (Secretaria de Governo) e Sérgio Etchegoyen (GSI).

A Polícia Federal acompanhará o caso. Segundo a primeira nota da PF, será dado todo o apoio necessário. O caso vem sendo tratado como uma execução.

Tags
Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close