BrasilNotícias

Greve de fome: a nova medida da seita petista para tentar libertar Lula 

Os militantes do Partido dos Trabalhadores, depois dos insucessos no Supremo Tribunal Federal (STF) na tentativa de libertar o ex-presidente condenado Luiz Inácio Lula da Silva, o Lula (PT), querem utilizar uma nova tática na tentativa de atrair a opinião pública: uma greve de fome para tentar soltar o petista condenado a 12 anos e um mês de prisão por corrupção.

A revolta dos petistas é que o STF partiu para o recesso judiciário de meio do ano sem decisão favorável ao ex-presidente Lula. Isso tem incomodado a cúpula petista e atrapalha a narrativa da manutenção da candidatura do condenado no pleito desse ano.

Agora, militantes de movimentos sociais ligados ao PT começam a discutir – com o apoio da legenda, diga-se de passagem – uma greve de forme para pressionar a Justiça. O assunto já vem sendo divulgado pela “mídia vermelha”, como é o caso do Brasil 247.

O site, que apoia Lula e o PT, chega ao cúmulo de afirmar que a greve de fome é contra o “recrudescimento da violência judicial escancarada”. Será essa violência que soltou José Dirceu, por exemplo? De acordo com o site, a greve de forme se dará em Brasília (DF), nas proximidades do Supremo Tribunal Federal.

Mais uma ação patética com o apoio do PT que só revela o quanto muitos movimentos sociais são apenas peças da engrenagem “vermelha” para a construção da narrativa da esquerda.

Tags
Ver mais

Artigos relacionados

3 Comentários

  1. Opa! O mundo agradece a extinção desses portadores de burrice…
    Afinal, eles querem nos deixar felizes ou tristes com essa ação? Eu adorei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close