Guerrilha comunista do Paraguai ataca fazenda e executa brasileiro

Exército do Povo Paraguaio (EPP)


Na noite de segunda-feira (8/7), membros da “Brigada Indígena Contra Pistoleiros de Fazenda”, grupo integrado à guerrilha comunista conhecida como “Exército do Povo Paraguaio” (EPP), invadiram a fazenda Ñandu’í, na Colônia Ararokẽ, situada no estado de Amambay, a 75 km de Pedro Juan Caballero, cidade vizinha de Ponta Porã (MS), e executaram a tiros o capataz, Avelino Camargo, cidadão brasileiro.

O crime aconteceu por volta das 22h. Avelino foi assassinado com diversos disparos de armas semiautomáticas.

Segundo o site Porã News, o Comando de Operações de Defesa Interna (CODI) do Paraguai, confirmou o caso na manhã de terça-feira e testemunhas identificaram o líder do ataque a fazenda como Osvaldo Daniel Villalba Ayala, um dos principais cabeças do EPP.

Em comunicado o CODI aponta que os integrantes do EPP queimaram um galpão, uma oficina mecânica, uma residência utilizada como sede da fazenda, uma carreta Scania, tratores com implementos agrícolas e uma camionete.

Caminhonete queimada por guerrilheiros; ao fundo, barracão e carreta também queimados (Foto: Mbykymi Notícias)

O CODI também informou que o grupo era formado por aproximadamente 20 homens fortemente armados, usando uniformes camuflados e tinham fisionomia indígena.

Os comunistas levaram vários objetos da fazenda além de víveres, deixando a área saqueada.

Segundo Luis Apesteguia, porta voz da Força de Tarefa Conjunta (FTC), no momento do ataque a fazenda 17 funcionários se encontravam no local, entre mulheres e crianças que passaram por momentos de terror nas mãos dos comunistas.

Os membros do EPP deixaram no local do ataque um comunicado onde manifestam ser da “Brigada Indígena Contra Pistoleiros de Fazenda” do “Exército do Povo Paraguaio” que atuava na região do estado de San Pedro.

Há quase dez anos a guerrilha comunista EPP desafia o governo paraguaio promovendo ataques a propriedades rurais e povoados dos estados de San Pedro e Amambay. Policiais também são alvos dos ataques dos comunistas. Os terroristas do EPP se escondem em matas fechadas e contam com apoio de moradores locais.

Os proprietários da Fazenda Ñandu’í seriam dos brasileiros Darci e Iracy Antoniolli, que possuem escritório de compra e venda de gado em Ponta Porã (MS) e madeireira em Sinop (MT).

Confira o comunicado da FTC

Sobre o Colunista

Ricardo Roveran

Ricardo Roveran

Estudante de artes, filosofia e ciências. Jornalista, crítico de arte e escritor. Escrevo por amor e nas horas vagas salvo o mundo.

Twitter: @RicardoRoveran

19 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Que bobagem é essa ? Guerrilha comunista, ? Faça-me o favor, vai estudar, pra não escrever bobagens desse tamanho

  • Obrigado por nos manter informado sobre um assunto tão serio que as outras mídias fazem pouco caso. Continue com este excelente trabalho.

  • Moro no Paraguai e sou Brasileiro. Não vou mentir, mas tenho medo desses diabos. O EPP (O grupo do assunto) é famoso por matar Brasileiro, ano retrasado eles fizeram una chacina com 8 soldados do exército Paraguaio

  • Exatamente, GUERRILHA COMUNISTA. Escolhem alvos para demonizar (brasileiros residentes no Paraguai, por exemplo. E policiais, sempre os policiais). Depois matam, até como forma de arregimentar e fidelizar seus integrantes. Depois de participar de uma chacina, os índios envolvidos pelos socialistas/comunistas estão tão envolvidos com a “causa” que permanecem nela. Tipo uns guerrilheiros idiotas que agiram no Brasil nos anos 60 e 70, por exemplo, e até hoje ficam trabalhando contra o país em nome de um ideal socialista idiota.

    O Exército do Brasil, que tem excelentes batalhões de selva, deveria se associar ao exército paraguaio para praticar tiro ao alvo nestes guerrilheiros até acabar com esta desgraça.

  • Comunista bom é comunista morto! Atacando propriedades e matando civis, covardes ainda tem gente que fala mal da intervenção militar de 64 fomos salvos isso sim.

  • Reinhard Pankowski, o EPP (Ejercito del Pueblo Paraguayo) é uma guerrilha de ideologia comunista (Marxista-Lenista) esses vagabundos tem sangue de muitos inocentes nas mãos, Estas pessoas têm ódio de quem trabalhou para conquistar suas coisas, chegando a matar e sequestrar os agricultores. Pesquise bem antes de falar merda por aí.

  • Os empregados passaram momentos de terror mas parece que só morrem os mantenedores da miséria do povo e seus capitães-do-mato… Pois é, que terror!…

  • Diferente do Brasil, onde os patrões mais chutam as bundas dos caras e os caras mais lhes lambem as botas! Brasileiros perderam direitos trabalhistas e agora vão perder a aposentadoria, e comemoram. Só que aqui tem a polícia pra matar trabalhador. (quando tem emprego, afinal tá em falta)

  • Esta na hora do exército brasileiro fazer o mesmo que fez com as farc quando invadiram território brasileiro.

  • Parabéns aos guerrilheiros envolvidos, com certeza servirá de inspiração para nós!
    Venceremos, camaradas!!!

Colunistas

Guilherme Galvão VillaniGuilherme Galvão Villani

Mariliense. Gosto pela Administração, Contabilidade e Finanças. Atu...

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...