Guilherme Boulos inseriu informações falsas em seu currículo

SP - LAVA JATO/LULA/TRF-4/RESULTADO - CIDADES - O ex-presidente Luiz In·cio Lula da Silva (PT) (e), acompanhado do coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, participa de ato de apoio ao petista realizado por militantes de movimentos sindicais e populares, na PraÁa da Rep˙blica, no centro de S„o Paulo, nesta quarta-feira, 24, dia em que Lula teve recurso contra a condenaÁ„o no caso do triplex negado pelo Tribunal Regional Federal (TRF) de Porto Alegre. Lula foi condenado por corrupÁ„o passiva e lavagem de dinheiro. Os desembargadores ampliaram a pena do ex-presidente de 9 anos e seis meses para 12 anos e 1 mÍs. Ainda cabe recurso por parte da defesa. 24/01/2018 - Foto: ALEX SILVA/ESTAD√O CONTE⁄DO


Ao procurar desmentir o boato de que Guilherme Boulos seria funcionário fantasma da USP, a grande mídia acabou mostrando que o candidato do PSOL ao Planalto inseriu informações falsas em seu currículo na plataforma Lattes.

No campo “atuação profissional”, o líder dos sem-teto Guilherme Boulos registrou vínculo com a USP e com a Escola de Educação Permanente da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP). Mas esse “vínculo empregatício” não existe, como explicou a assessoria de imprensa da Universidade.

O Hospital das Clínicas da FMUSP confirmou que o candidato “não tem nenhum vínculo com a instituição, não faz parte do quadro de funcionários” e que ele só atuou em alguns cursos presenciais e de ensino à distância.

A assessoria de imprensa do candidato tentou explicar:

“O Lattes de Guilherme Boulos está desatualizado e não é editado desde 2017”. “Ele foi bolsista da Capes de 2014 a 2016 quando era aluno de mestrado na USP. É a este vínculo que o currículo se refere.”

Só que a bolsa da Fundação Capes, vinculada ao Ministério da Educação, não estabelece vínculo funcional do beneficiário com a instituição de ensino, que atua como intermediária dos pagamentos.

O registro de que foi bolsista do mestrado deveria ter sido feito no campo “Formação Acadêmica/Titulação”, e não em “Atuação Profissional”, o que sugere que ele seria professor ou funcionário da USP.

Foto de O Antagonista

Fonte: Tarciso Morais – RENOVA Mídia

Sobre o Colunista

Redação TL

Redação TL

3 Comentários

Clique aqui para comentar

Blog Authors

Guilherme Galvão VillaniGuilherme Galvão Villani

Mariliense. Gosto pela Administração, Contabilidade e Finanças. Atu...

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...