Homem joga imagens de Pachamama do Sínodo da Amazônia no Rio Tibre; vídeo



Imagens do símbolo indígena Pachamama foram jogadas Rio Tibre abaixo nesta segunda-feira (21).

Vídeo mostra o momento em que um homem não identificado retira as estátuas da igreja de Santa Maria em Traspontina, antes de colocá-las na beira da Ponte Sant’Angelo e empurrá-las.

A Pachamama é uma estátua de madeira que representa uma mulher grávida, simbolizando a mãe terra. O símbolo, considerado pagão pelos católicos, foi utilizado no dia 4 de outubro, em ritual indígena que contou com a presença do Papa Francisco.

Alguns sites católicos atribuem a ação do homem como sendo a de um católico indignado com os recentes acontecimentos, como profanações e rituais indígenas realizados diariamente em Traspontina, em virtude do Sínodo da Amazônia.

Respondendo a um jornalista durante o briefing na Sala de Imprensa, o prefeito do Dicastério para a Comunicação, Paolo Ruffini, comentou o episódio:

“Já repetimos várias vezes nesta sede que aquelas estátuas representavam a vida, a fertilidade, a mãe terra. É um gesto, parece-me, que contradiz o espírito de diálogo que deve sempre animar a todos. Não sei que outra coisa poderia dizer, a não ser que foi um roubo, e talvez fale por si só”.

 

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Bruna de Pieri

Jornalista e católica.

17 Comentários

Clique aqui para comentar

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...