MundoNotícias

Índia aprova pena de morte para estupradores de crianças

O governo indiano aprovou neste sábado (21) a pena de morte para estupradores de crianças. Recentemente houve no país um caso de estupro coletivo, seguido de assassinato, de uma menina de apenas 8 anos.

O primeiro-ministro indiano Narendra Modin, tão logo voltou de uma reunião da Comunidade Britânica, se reuniu nessa tarde com seu gabinete e aprovou uma emenda à lei sobre violências sexuais que permite condenar à pena capital estupradores de crianças menores de 12 anos.

As penas mínimas para estupradores em geral também foram aumentadas.

Milhares de indianos se mobilizaram nos últimos dias em todo o país depois do caso da menina de uma tribo nômade, que foi sequestrada por cinco dias, estuprada e assassinada por oito homens no estado de Jammu e Caxemira.

Segundo a polícia, o crime procurava aterrorizar a comunidade de pastores muçulmanos dos bakarwals para forçá-los a deixar a área, de maioria hindu.

Atualmente, a lei indiana prevê a pena de morte para os assassinatos mais atrozes e para atos terroristas, embora as execuções sejam raras.

Cerca de 40.000 casos de estupro são denunciados por ano na Índia, segundo as estatísticas oficiais.

Fonte: Agence France-Press

Tags
Ver mais

Artigos relacionados

2 Comentários

  1. nossa que número pequeno para uma população de 1 bilhão de pessoas ,mesmo que o número real seja 3 vezes maiores. não que eu goste dessa informações até queria que fosse menores esses números, mas isso prova que a criminalidade do brasil é endêmica e que as teorias de António Gramsci de desinformação e subvenção ainda não chegou lá. sorte dos indianos e lamento para os brasileiros. seria tão bom se esses crimes bárbaros deixassem de existir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close